Fechar

logo

Fechar

Secretário assegura que desativação da ala Covid-19 do Trauma não vai desassistir população

Da Redação. Publicado em 3 de setembro de 2020 às 15:19.

Foto: Secom/PB

Foto: Secom/PB

O secretário de Saúde do Estado, Geraldo Medeiros, afirmou que a ala que era destinada à pacientes com Covid-19 no Hospital de Trauma de Campina Grande foi desativada, a partir desta semana, com base em dados de redução de pacientes graves.

Ele explicou, durante entrevista à Rádio Correio FM, que a flexibilização de diversos setores da economia em Campina Grande elevou o número de acidentes de moto, onde o Trauma registrou o atendimento de 80 acidentados apenas no último fim de semana.

De acordo com Geraldo, diante dessa realidade, se viu a necessidade de liberação dos 60 leitos que eram destinados ao tratamento de pacientes com Covid-19.

Ele citou ainda que os atendimentos serão remanejados para o Hospital de Clínicas que, segundo ele, estava sendo subutilizado.

– O Hospital de Trauma de Campina Grande foi emergencialmente focado na Covid-19 com 30 leitos de UTI e 30 de enfermaria. A partir do momento em que há um declínio substancial de pacientes graves, resolvemos transferir esses atendimentos para o Hospital de Clínicas, que estava subutilizado – disse.

Geraldo ainda frisou que não existe razão para a não concordância por parte da Secretaria de Saúde de Campina Grande, tendo em vista que a decisão foi realizada com base em dados da equipe técnica do Estado e não precisa ser previamente comunicada.

O secretário ainda citou que o Hospital de Trauma de João Pessoa vai retomar as neurocirurgias e as cirurgias vasculares, após a realização e um Processo Seletivo Simplificado.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube