Fechar

logo

Fechar

Programa de regularização fundiária finalizou mais de 3.000 contratos durante pandemia em CG

Da Redação. Publicado em 26 de setembro de 2020 às 16:16.

Foto: Paraibaonline

Foto: Paraibaonline

O secretário de Planejamento de Campina Grande, Carlos Dunga, afirmou que o programa de regularização fundiária de Campina Grande foi afetado pela pandemia do novo coronavírus, tendo em vista que uma das etapas, após o cadastro, é a visita técnica por parte de arquitetos e engenheiros.

Ele destacou, durante entrevista à Rádio Caturité FM, que a Secretaria aproveitou o período de home office dos arquitetos e conseguiu finalizar aproximadamente 3.500 contratos de propriedades que já haviam sido visitadas.

Segundo Carlos, a Secretaria aguarda um protocolo que possibilite a retomada gradativa das visitas às residências para dar andamento ao programa. Ele ainda citou que 5.960 pessoas manifestaram o interesse de realizar a regularização fundiária através do aplicativo e presencialmente e hoje a população que será beneficiada pelo programa soma mais de 8.000 famílias.

– Estamos concluindo o que já tinha sido visitado e medido. Vínhamos com um avanço grande no programa, mas o programa compete em algumas etapas, a primeira é o cadastro feito pelo aplicativo ou na unidade. E quando começamos as visitas nas residências, veio a pandemia – disse.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube