Fechar

logo

Fechar

Polícia Civil prende terceiro suspeito de matar adolescente no Litoral Sul

Secom/PB. Publicado em 22 de setembro de 2020 às 13:38.

Foto: Reprodução
A Polícia Civil prendeu, na manhã desta terça-feira (22), o terceiro suspeito de participar da morte de um adolescente na cidade de Pitimbu, no litoral Sul da Paraíba.

O jovem de 25 anos foi localizado na cidade de Alhandra, por equipes do Núcleo de Homicídios da Delegacia Seccional da região.

Esta é a terceira prisão ocorrida em menos de 30 dias relativa a esse crime. No dia 1º deste mês, a Polícia Civil apreendeu um adolescente envolvido na morte.

Duas semanas depois, no dia 14, foi preso um homem também suspeito de participar do delito.

Segundo o delegado Marcos Paulo Sales, a vítima era integrante de uma facção criminosa e morreu porque fez um gesto que simbolizava um grupo rival.

“O primeiro preso confessou a participação no crime e apontou esse homem preso hoje (dia 22) como um dos autores dos disparos que ceifaram a vida do adolescente”, afirmou o delegado.

O crime ocorreu no dia 31 de julho deste ano, na região conhecida como Distrito de Taquara.

Os três suspeitos de participação no crime possuem envolvimento com facção criminosa que atua no tráfico de drogas na região de Alhandra.

Desde que o crime ocorreu, a Polícia Civil investiga o caso e pediu à Justiça a decretação da prisão preventiva dos suspeitos, após encontrar indícios da participação deles no homicídio.

A prisão foi feita por equipes da Delegacia de Caaporã e do Núcleo de Homicídios da Delegacia Seccional da região. Ainda de acordo com o delegado, a vítima foi morta a tiros e o homicídio teve motivação fútil.

“A motivação foi uma brincadeira envolvendo um dos investigados e com relação ao domínio do tráfico de drogas do distrito de Taquara. A vítima fez um gesto simbolizando a facção rival a um dos suspeitos”, declarou Sales.

Esse gesto ocorreu uma semana antes do crime. Segundo a Polícia, além do homem preso, outros dois indivíduos também participaram do homicídio.

O preso foi conduzido até a sede do Núcleo de Homicídios na cidade de Alhandra, onde foi interrogado e, depois, encaminhado para a Central de Polícia de João Pessoa.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube