Fechar

logo

Fechar

Digitalização dos negócios é uma tendência que veio para ficar, diz gerente do Sebrae

Da Redação*. Publicado em 11 de setembro de 2020 às 9:37.

Foto: Reprodução

Foto ilustrativa: Reprodução

Se o processo digital era quase uma realidade e uma necessidade para as empresas, a pandemia do novo coronavírus acelerou o processo de implantação e adaptação.

O Sebrae de Campina Grande tinha uma meta estipulada para o final de 2021 trabalhar junto aos microempreendedores essa modalidade, mas de acordo com o gerente regional do órgão, João Alberto Leite, houve uma antecipação da digitalização dos negócios e é uma tendência que veio para ficar.

– Nessa pesquisa e, no nosso dia a dia, percebemos esse modelo híbrido e o modelo digital veio e não vai se acabar. Agora setores de restaurantes confecção, calçados, e outras empresas. É uma tendência que melhorou muito a relação de vendas. O delivery é um exemplo e já representa mais de 60% das empresas que pesquisamos. O presencial, que era tido como maior percentual de faturamento, agora está em torno de 40%. Então, vemos como é importante dar atenção e nos qualificarmos nesse momento digital – disse.

O gerente lembrou que no início da pandemia as empresas tiveram que se adaptar à nova realidade, caso contrário teriam dificuldades de se manter de portas abertas.

Ele ainda falou da importância de se manter uma boa gestão, para que a credibilidade, junto ao cliente, permaneça. Além disso, é preciso qualificar os serviços e treinar o pessoal.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube