Fechar

logo

Fechar

Vereador se diz surpreso com destituição da presidência do Solidariedade em JP

Da Redação de João Pessoa (Hacéldama Borba). Publicado em 28 de agosto de 2020 às 21:04.

Foto: ascom

Foto: Paraibaonline

O vereador João Almeida disse que foi pego de surpresa com a decisão do presidente estadual do Solidariedade na Paraíba, Manoel Júnior, que destituiu nesta sexta-feira (28), a direção provisória do partido, em João Pessoa.

Rebaixado à condição de vice-presidente, o vereador afirma que sua pré-candidatura a prefeito da Capital está mantida.

“Eu fui pego de surpresa com essa mudança, mas eu quero deixar todo mundo tranquilo. Já procurei conversar com os correligionários, com os dirigentes e colegas partidários, que a nossa pré-candidatura está firme e forte e iremos até o fim. Em nome de várias pessoas que foram perseguidas porque manifestaram apoio a mim, eu não vou desistir”, afirmou.

O prefeitável disse que já imaginava que iria enfrentar algumas dificuldades porque não é tão fácil ir contra as velhas práticas políticas.

“Eu também sabia que a nossa pré-candidatura iria incomodar algumas pessoas. Sinceramente, só não sabia que iria incomodar tanto, mas não me faltam coragem e fé”.

Ele também disse que não está nem um pouco preocupado com a nova situação do partido e nem com medo porque é agente há 26 anos da Polícia Rodoviária Federal e nada o intimidade, até porque Já trocou tiro com bandido, já levou um tiro de raspão na cabeça. “Enfim, não tenho medo”.

“Não estou preocupado e nem envergonhado. Só estaria se minha pré-candidatura estivesse dependendo de retirar uma tornozeleira, se eu estivesse dependendo de uma decisão do TSE para dizer se sou elegível ou não. Eu estaria envergonhado, se minha candidatura dependesse de eu ser parente do prefeito e tivesse que andar encangado com um marketeiro para me transformar num produto que não existe. Eu sou autêntico”, completou.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube