Fechar

logo

Fechar

SindFarma rebate Sindicato dos Comerciários e diz que sindicalista quer burlar legislação

Da Redação. Publicado em 13 de agosto de 2020 às 15:25.

 

Foto: Reprodução

O presidente do SindFarma, Neilton Neves, desmentiu as informações do presidente do Sindicato dos Comerciários de Campina Grande, José do Nascimento Coelho, que afirmou que o Sindicato das Farmácias não assina qualquer acordo para garantir os direitos trabalhistas dos empregados, desde 2019, além de não pagar a data-base dos trabalhadores.

Neilton disse que o SindFarma tem pago a data-base e assinado as convenções coletivas e que tem feito isso há muito tempo, junto ao Sindicato dos Farmacêuticos, mas há uma questão pessoal do presidente do Sindicato dos Comerciários, José do Nascimento Coelho, que seria o não cumprimento à legislação quando determina que as farmácias são um serviço diferenciado e que, como é considerado essencial, deve ser tratado separadamente dos demais.

Além disso, Neilton afirmou que Coelho tem tentado burlar a nova legislação e obrigar que o desconto sindical seja feito sem passar pela concordância do trabalhador.

– Este é um dos motivos que não queremos aceitar do jeito que ele quer. Temos dado a nossa proposta e ele não tem aceitado. Outra coisa, que é mais gravosa e ele tem feito, é obrigar o trabalhador a pagar o sindicato dele sem ter o direito de escolher. Ele quer que o valor seja descontado automaticamente, como antigamente. Ele quer que eu seja conivente, passe por cima de uma determinação federal e tire o dinheiro do trabalhador para pagar o sindicato de Coelho, e é uma coisa que o sindicato patronal não vai aceitar de forma alguma. Pagaríamos, sim, se o trabalhador aceitasse, mas ele quer fazer isso de forma arbitrária para manter o sindicato. São esses dois pontos críticos e se ele os aceitar como relevantes, seguindo o que a legislação diz, assinamos no mesmo dia – disse.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube