Fechar

logo

Fechar

Prefeitura de João Pessoa inicia as atividades alusivas ao Agosto Dourado

Da Redação com Secom/JP. Publicado em 1 de agosto de 2020 às 11:22.

O leite materno é o alimento mais completo para o bebê. Rico em água, proteínas, lipídios, glicídios, vitaminas e minerais, é perfeito para o recém-nascido, pois contém todos os nutrientes necessários ao bebê nos primeiros meses de vida para um desenvolvimento saudável. Para conscientizar sobre a importância do aleitamento materno, todo ano, no mês de agosto, é realizada a Campanha Mundial do Agosto Dourado.

Em João Pessoa, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), por meio do Banco de Leite Zilda Arns, inicia, neste sábado (1°), as atividades alusivas ao Agosto Dourado. De 3 a 8 de agosto acontece a Semana Municipal de Aleitamento Materno, de forma simultânea à Semana Mundial, mas as atividades seguem até o final do mês.

“Além de reforçar a importância da amamentação e da doação do leite materno, a campanha também trabalha a sustentabilidade que acompanha a amamentação, sendo esse ato um exemplo das profundas conexões entre a saúde humana e os ecossistemas, uma vez que o leite materno é um alimento natural e renovável, ambientalmente seguro e ecológico, porque é produzido e entregue ao consumidor com o mínimo de poluição, embalagem ou desperdício”, explica Danielle Maciel, coordenadora do Banco de Leite Zilda Arns.

Este ano, as atividades acontecem nos setores do Instituto Cândida Vargas (ICV), com atualização para os profissionais e incentivo à doação junto às mães internas na maternidade e conta também com uma programação de palestras online, que vai trabalhar diversos temas como a amamentação na primeira hora de vida, a importância da amamentação e da doação, impactos do leite materno na recuperação do prematuro e cuidados com a ordenha, a importância do aleitamento materno exclusivo ate o sexto mês do bebê.

As palestras são voltadas aos profissionais da saúde que atuam na atenção básica ou rede hospitalar e estudantes da área de saúde. Para participar online os interessados podem se inscrever através dos links: https://bityli.com/dPqCu ou https://bityli.com/jZAvW .

Doação – Mesmo durante a pandemia, o Banco de Leite Zilda Arns continua realizando as atividades, mas em horário diferenciado, de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e, com reforço das práticas de higiene durante coleta e transporte do leite materno, seguindo as orientações da Vigilância Sanitária e da Rede Brasileira de Bancos de Leite Humano (RBLH-BR).

A doação segue as mesmas orientações e a mãe doadora deve estar saudável, sem nenhum processo gripal, doença infectocontagiosa, nem ter tomado medicamento de uso contínuo, como psicotrópicos. As interessadas devem ligar no 3214-1390 ou contato via WhatsApp 98795-8192 e fazer o cadastro e/ou agendamento.

Fioto: Secom/JP

Foto: Secom/JP

Para coletar o leite, é preciso lavar as mãos com água e sabão, usar touca e máscara, então coleta o leite em um frasco esterilizado. “A profissional que irá fazer a coleta utiliza todos os Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e a doadora recebe um kit com os recipientes de vidro e tampa de plástico esterilizados, máscara e gorro, para coletar o leite. Após a coleta do leite, o vidro é higienizado com álcool à 70% e armazenado em uma caixa térmica”, explica Danielle Maciel.

Além da doação de leite humano, o banco de leite municipal também solicita a doação de frascos adequados ao armazenamento de leite materno. O recipiente pode ser deixado diretamente no Banco de Leite ou nos serviços da rede municipal de saúde, como Unidades de Saúde da Família e Distritos Sanitários.

O recipiente precisa ser de vidro e com tampa de plástico, como os utilizados em embalagens de café solúvel ou maionese e, é utilizado tanto na montagem dos kits de doação do leite materno que são enviados as doadoras, como para pasteurizar os leites e armazenar o leite pasteurizado.

“É importante informar que todos os frascos doados quando chegam ao Banco de Leite são lavados e esterilizados e somente após esses procedimentos serão utilizados”, destaca Daniele Maciel.

Agosto Dourado – No dia 12 de abril de 2017 foi sancionada pelo Presidente da República, a lei nº 13.435, que institui o mês de agosto como o Mês do Aleitamento Materno, o Agosto Dourado.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube