Fechar

logo

Fechar

Idealizadora do FICG esclarece problemas para pagar artistas da última edição

Da Redação. Publicado em 4 de agosto de 2020 às 23:02.

Foto: Paraibaonline

Foto: Paraibaonline

Este ano Campina Grande realizaria a 45ª edição do Festival de Inverno, mas devido a pandemia de coronavírus e a problemas financeiros o evento foi cancelado.

A 44ª edição, realizada em 2019, segue sendo um assunto problemático devido, principalmente, a problemas relacionados ao pagamento de artistas que participaram da festa.

Em um áudio veiculado na Rádio CBN, Eneida Maracajá, idealizadora do festival, explicou o motivo da não realização do pagamento de cachês e do não cumprimento de outros compromissos do evento.

De acordo com ela, havia sido estabelecido o final do mês de julho para o acerto, o que, infelizmente, não foi possível.

“Não aconteceu porque o convênio 2019 foi cancelado, a secretaria de desenvolvimento econômico detectou uma fraude. Uma traição da qual foi a maior fratura que o Instituto Solidário sofreu e o Festival em toda sua história de 45 anos”, completou.

Segundo Eneida, uma nova documentação, rigorosamente de acordo com as normas do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba, foi apresentada, mas novamente foi rejeitada pela Secretaria do Desenvolvimento Econômico.

“Diante disso, vocês fiquem certos que nós não nos acomodamos, não fomos omissos, nós fizemos uma verdadeira via sacra as portas do poder. O Poder é muito amplo e são muitas Secretarias, Controladoria, Procuradoria, e nós fizemos exatamente esse ato penitencial”, finalizou.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube