Fechar

logo

Fechar

Diretor da OMS sobre desvio de recursos na pandemia: “Corrupção é assassinato”

Da Redação com Agência Brasil. Publicado em 22 de agosto de 2020 às 8:47.

Foto: Ascom

Foto: Ascom

O diretor executivo do Programa de Emergências da OMS, Michael Ryan, classificou que a “situação se estabilizou” no Brasil, e que há tendência de queda em algumas regiões.

“A situação no Brasil se estabilizou, de certa forma, em termos de número de infecções detectadas por semana”, afirmou. “Mas há um número elevado de casos, entre 50 mil e 60 mil por dia e um número alto de mortes.”

O médico Ryan disse ainda que o controle da pandemia no Brasil poderia representar uma vitória para o mundo, já que o país se encontra no segundo lugar em número total de pessoas infectadas. “O sucesso do Brasil é o sucesso do mundo [na luta contra a pandemia]”, afirmou.

O médico comentou casos de corrupção que vem acontecendo em diversos países, como o Brasil, com recursos levantados para o combate à pandemia. “Corrupção é assassinato. As práticas criminosas em relação à pandemia precisam cessar”.

OMS
“Progresso não significa vitória”, afirmou nesta sexta-feira, em entrevista coletiva, o diretor geral da Organização Mundial da Saúde(OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus.

O alerta foi feito para países que voltaram a apresentar picos de crescimento de casos de covid-19 após terem estabilizado a transmissão da doença.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube