Fechar

logo

Fechar

Sintab questiona volta dos profissionais da educação e cobra material de proteção

Da Redação*. Publicado em 15 de julho de 2020 às 11:32.

Foto: Ascom

Foto: Ascom

A presidente interina do Sindicato dos Trabalhadores Públicos Municipais do Agreste e da Borborema (Sintab) Mônica Cristina, comentou a ida, durante essa semana, a algumas unidades escolares e postos de saúde de Campina Grande e percebeu que os equipamentos de proteção individual, que tinham sido solicitados, estavam chegando.

Há poucas semanas, segundo ela, a realidade era outra. Disse que, como havia determinação da Secretaria de Educação do município de retomar as atividades administrativas escolares nesta, os EPIs já deveriam ter chegado. Além destes, ela ressaltou que também é preciso material de higiene para as escolas e unidades de saúde.

– Visitamos doze instituições e não tinha chegado material de proteção. Em outras, alguns já estavam recebendo, mas nosso questionamento é que, se os servidores teriam que retomar já nesta segunda, os EPIs teriam que ter chegado desde a semana passada, mas o secretário disse que estava sendo levantado o número de profissionais que iriam realmente trabalhar, pois existem os que estão na área de risco. Também visitamos unidades de saúde e constatamos que está sendo entregue o material que cobramos – frisou.

Mônica disse que gostaria que as atividades escolares não retomassem agora, pois a pandemia ainda é uma realidade e que, se é necessária a volta, os profissionais também precisam dos equipamentos de proteção.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube