Fechar

logo

Fechar

Sindicalista denuncia EPIs de baixa qualidade para servidores da Saúde de CG

Da Redação. Publicado em 6 de julho de 2020 às 22:18.

Foto: Paraibaonline

Foto: Paraibaonline

O presidente licenciado do Sindicato dos Trabalhadores Públicos Municipais do Agreste e da Borborema (Sintab), Giovanni Freire, denunciou alguns problemas que os servidores municipais da Saúde de Campina Grande têm enfrentado, principalmente no caso dos profissionais que atuam na linha de frente no combate ao novo coronavírus.

Na entrevista concedida à Rádio Caturité FM, nesta segunda-feira, 6, o sindicalista comentou que, além de outras questões, os equipamentos de segurança individual (EPI), entregues aos profissionais da Saúde municipal, não são de boa qualidade, e prometeu uma análise das denúncias.

-O Ministério da Saúde reforçou as verbas para a Saúde e de janeiro até hoje R$ 36 milhões foram para o combate da Covid-19. A Prefeitura tem demorado muito em algumas ações, faltava equipamentos de segurança para os profissionais, e hoje nós acompanhamos a entrega de EPIs com qualidade duvidosa por parte de quem fez a compra, ou por parte da empresa que vamos averiguar. Caso não esteja nas normas técnicas a gente vai encaminhar denúncia ao Ministério Público – afirmou.

Freire salientou que é necessário que os profissionais da Saúde se sintam seguros nos ambientes de trabalho, e frisou a importância da PMCG oferecer a melhor estrutura para os servidores, que envolve, não apenas materiais de qualidade para a segurança, mas também os reajustes salariais no Plano de Cargos, Carreira e Remuneração que, segundo ele, a categoria vem lutando pelas progressões desde o ano 2012.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube