Presidente do PSC na Paraíba considera natural exoneração de aliados da PMJP

Da Redação de João Pessoa (Hacéldama Borba). Publicado em 10 de julho de 2020 às 16:34.

Foto: Ascom

Foto: Ascom

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PV) exonerou os secretários Sebastião Flávio de Araújo e José Gadelha Neto, secretário e secretário-adjunto do Trabalho em João Pessoa, respectivamente, cujos agentes foram indicação do PSC, partido comandado pelos Gadelha.

Com o rompimento político, Cartaxo achou por bem tirá-los da administração.

“Encaro isso dentro da normalidade, compreendo e respeito a decisão do prefeito, Não há nenhum ressentimento, não há nenhuma retaliação, nenhuma mágoa, nenhuma queixa. Continuamos admirando o prefeito Cartaxo, respeitando a sua pessoa e a sua administração, que aliás é muito fecunda e muito útil para a Paraíba”, destacou o presidente estadual do PSC, Marcondes Gadelha [foto].

Gadelha enfatizou ainda que Cartaxo foi muito correto com o PSC enquanto durou a aliança e que a recíproca é verdadeira, frisando que o partido se comportou em relação ao PV com absoluta lealdade.

“Votamos três vezes com a família Cartaxo e tudo isso faz parte das relações políticas normais. Agora, nós optamos por apoiar o deputado federal Ruy Carneiro para prefeito de João Pessoa por ver nele um quadro altamente qualificado. Um jovem talentoso, que gosta da política, é muito bem articulado no plano nacional, o que é um diferencial competitivo em favor dele e que vai ser muito útil para a Capital. Se Deus quiser seremos bem sucedido nestas eleições”, concluiu.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube