Fechar

logo

Fechar

Pré-candidato campinense aponta necessidade de enxugamento da máquina pública

Da Redação*. Publicado em 28 de julho de 2020 às 11:47.

Foto: Paraibaonline

Foto: Paraibaonline

O pré-candidato a prefeito de Campina Grande José Artur Almeida, o Bolinha (PSL), defendeu em entrevista concedida à rádio Cariri FM, na manhã desta terça-feira, 28, um enxugamento da máquina pública no município.

Segundo o prefeitável, esse modelo administrativo que perdura por mais de 50 anos em Campina só trouxe prejuízos.

– Há muito tempo que temos observado isso. Já há quase cinco décadas que administração de Campina Grande é baseada mais em atender os desejos das famílias e grupos que estão no poder do que as necessidades da cidade. Hoje, existe muita gente na Prefeitura recebendo sem trabalhar – afirmou.

Ainda de acordo com o candidato do PSL, 2021 será um ano atípico, quando haverá a necessidade de que os municípios tenham um gestor com uma capacidade administrativa de recuperação.

– 2020 tem sido um ano em que o próprio governo federal tem fornecido ajuda financeira a estados e municípios, coisa que não será possível em 2021. Então, é necessário que esteja à frente da gestão alguém que consiga recuperar as receitas do município e possa adotar medidas de recuperação da economia – disse.

Ainda de acordo com Artur Bolinha, a própria Agência Municipal de Desenvolvimento (Amde) precisa de uma reestruturação.

– É necessária essa mudança para que a Amde possa trazer um maior incentivo, através de créditos, de apoio aos pequenos e médios empreendedores nessa recuperação – finalizou.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube