Fechar

logo

Fechar

Ex-deputado quer pesquisa para escolher candidato do MDB em Campina

Da Redação*. Publicado em 14 de julho de 2020 às 11:21.

Foto: Ascom

Foto: Ascom

Recentemente o MDB de Campina Grande lançou a pré-candidatura da ex-secretária de Saúde municipal Tatiana Medeiros na corrida pelo Executivo municipal. Acontece que o partido tem outro pré-candidato para o mesmo cargo.

É o ex-deputado federal Walter Brito Neto, que se colocava como pré-candidatura única do partido.

À Rádio Campina FM, Brito disse que vai tentar conseguir o posto de candidato, mas quer ser respaldado pela população e, segundo ele, o partido deverá fazer uma pesquisa para saber qual o melhor nome para representar o Movimento Democrático Brasileiro.

– Só eu tinha apresentado minha pré-candidatura no partido e agora vamos tentar chegar a um consenso. Não tem problema que ela (Tatiana) apresente seu nome também, isso é democracia, mas é importante ouvir o respaldo da população. A minha pré-candidatura continua de pé e vamos tentar conseguir isso e, se não houver consenso, podemos bater chapa nas convenções – exclamou.

O empresário disse que quer que o MDB tenha uma candidatura em oposição à atual administração e ressaltou que Tatiana Medeiros não demonstra esse papel já que o filho dela, o ex-vereador Cassiano Pascoal, faz parte da gestão Romero Rodrigues.

– Defendo novas ideias e estou combatendo os problemas que a atual gestão têm, e Tatiana tem se apresentado como aliada e o projeto dela não faz sentido. Ela não é oposição e quer uma candidatura pela ala governista. Assim, acho que, nas pesquisas, tenho condição de vencê-la. Ela não desejava disputar as eleições e foi induzida por pessoas. Não podemos deixar que o partido sirva de sublegenda – defendeu.

O embate entre Brito e Medeiros não é de hoje. Em 2012, ambos disputaram a preferência do partido, quando o senador Veneziano findava o mandato de prefeito e tentava emplacar o substituto. Uma pesquisa, entre a população, escolheu o nome da médica para concorrer contra Romero Rodrigues.

– Quando estávamos pleiteando em 2012, o que determinou o nome foi uma pesquisa. Então, o momento é diferente. O partido não tem mais o ex-prefeito Veneziano e agora cada um passa a assumir sua densidade eleitoral. Vamos participar dessa pesquisa e ver quem é o melhor – finalizou.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube