Estatais de água e esgotos se preparam para embate judicial

Da Redação*. Publicado em 26 de julho de 2020 às 18:47.

Foto: Paraibaonline

Foto: Paraibaonline

As companhias estaduais de saneamento se revoltaram contra o veto presidencial que proibiu a renovação de seus contratos de programa por mais 30 anos.

Embora exista uma mobilização para derrubar a mudança, as estatais já se articulam para entrar na Justiça contra essa alteração no texto do novo marco legal do saneamento.

A renovação de contratos é vista como uma forma de aumentar o valor de empresas que podem ser eventualmente ser privatizadas

“Foi feito um acordo na Câmara Federal para permitir a renovação. Já havia inclusive uma série de negociações em curso entre as companhias e as prefeituras. Não vamos abrir mão desse ponto e, se passar, vamos para a discussão judicial”, afirmou Marcus Vinícius Neves (foto), presidente da Associação Brasileira das Empresas Estaduais de Saneamento (Aesbe) e da Cagepa, em recente entrevista ao jornal Valor Econômico.

*fonte: valor

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube