Fechar

logo

Fechar

Especialista explica abertura de válvula dispersora do Açude de Boqueirão

Da Redação. Publicado em 3 de julho de 2020 às 17:31.

Foto: Reprodução Whats App

Foto: Reprodução [arquivo]

Após determinação da Agência Nacional das Águas, a válvula dispersora do Açude Epitácio Pessoa foi aberta para atender o Açude de Acauã, que sofre com o pouco abastecimento devido ao pouco registro de chuvas na região.

O especialista em Recursos Hídricos, Isnaldo Costa, afirmou que é preciso dividir a água, pois ela é um bem público e deve ser repartida para todos.

Isnaldo explicou que no mês de junho, a demanda total dos 18 municípios e sete distritos atendidos pelo Açude Epitácio Pessoa foi de 9 milhões e 261 mil metro cúbicos, destes, 4 milhões e 832 mil metros cúbicos foram destinados à Acauã.

Ele citou que o que está saindo para Acauã é uma parcela pequena e disse que as pessoas precisam ter consciência de que o Açude de Boqueirão já viveu uma realidade de capacidade hídrica preocupante em 2017.

– Quando você tem um bolo, tem que dividir para quem tem fome. Se tem água, temos que dividir a água. Seria injusto, por parte das instituições que essa água não fosse para Acauã – colocou.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube