Fechar

logo

Fechar

Delegado da PF revela detalhes da Operação Cifrão

Da Redação. Publicado em 2 de julho de 2020 às 18:36.

Foto: Paraibaonline

Foto: Paraibaonline

O delegado da Polícia Federal, Antonio Glautter, em entrevista veiculada pela Caturité FM, nesta quinta-feira, 2, falou sobre a ‘Operação Cifrão’, que investiga denúncias de superfaturamento envolvendo entidades do Sistema S na Paraíba.

A investigação, que foi iniciada há pouco mais de um ano, foi deflagrada na manhã de hoje com 22 mandados de busca e apreensão, com maioria parte deles na cidade de Campina Grande.

Foto: Paraibaonline

– São 22 mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça Federal, grande parte deles cumpridos aqui em Campina Grande. A investigação, que conta mais de um ano, visa apurar desvios de recursos destinados para entidades que compõem o Sistema S da FIEP – explicou o delegado.

O delegado também concedeu mais detalhes sobre os materiais apreendidos durante a operação realizada.

– Esse material está sendo recebido, ele será catalogado e o próximo passo é proceder a análise dos documentos. A parte de mídia e aparelhos celulares encaminhamos para perícia, para extração e posterior análise. Houve uma apreensão em torno de R$ 30 mil que será depositado numa conta judicial – ressaltou.

Além disso, também foi abordado sobre a análise bancária dos possíveis envolvidos, que foi feita para confirmação, ou não, do que a auditoria da CGU apontou.

Segundo o delegado, a análise não só confirmou, mas também trouxe mais elementos para a investigação, que mostrou que a verba que deveria ser aplicada em obras, teria sido redirecionada para outras empresas.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube