Fechar

logo

Fechar

CDL-CG destaca ações do governo da Paraíba em apoio às empresas

Da Redação*. Publicado em 16 de julho de 2020 às 13:03.

Foto: Paraibaonline

Foto: Paraibaonline

O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Campina Grande (CDL-CG), Carlos Botelho, afirmou em entrevista à Rádio Panorâmica FM, que os comerciantes, nessa retomada das atividades econômicas na cidade, vêm seguindo os protocolos sanitários e seguindo as normas de prevenção à Covid-19, como a OMS dita.

Ele destacou que no início da pandemia, a campanha “Loja Segura”, da CDL, contribuiu para isso, por conta da distribuição de 1.000 kits aos comerciantes, que incluíam máscaras, adesivos de distanciamento social, cartazes de obrigatoriedade do uso de máscaras, além do selo para a loja sinalizar estar seguindo as normas sanitárias.

Sobre a projeção de vendas em Campina Grande, Carlos informou que desde a metade de junho, os comerciantes têm tido um “fôlego” por conta da adaptação do mercado ao novo normal, em que muitos empresários vêm se adaptando.

O presidente enfatizou que a CDL tem buscado ações e se planejado para realizar nos próximos meses ações que possam minimizar a situação dos comerciantes, que há mais de 80 dias estão parados.

Ademais, Carlos destacou que uma reunião foi realizada na última terça-feira, 14, com a Secretaria do Estado da Fazenda (Sefaz-PB), na qual algumas ações foram relatadas e discutidas em relação aos comerciantes.

Dessa forma, ficou decidido: a suspensão dos pagamentos de parcelamentos até agosto; suspensão dos encaminhamentos de débitos para dívida ativa até 4 de setembro; prorrogação do pagamento do ICMS-Simples Nacional (já se encontram prorrogados os pagamentos referentes aos meses de março, abril e maio para julho, agosto e setembro. Ele informou que a Paraíba protocolou o pedido ao Comitê de Gestão do Simples Nacional para que o pagamento fosse prorrogado novamente para outubro, novembro e dezembro); prorrogação da validade de Certidões Negativas; liberação de uso do POS, continua até 4 de setembro, para padarias, lojas de conveniência, materiais de construção, etc; suspensão da cobrança do ICMS-Bloqueio nos postos fiscais; parcelamento do ICMS-Fronteira Simples Nacional, onde fica autorizado o parcelamento em três vezes do ICMS-Fronteira das empresas do Simples Nacional referente às compras de junho e julho, sendo a primeira parcela paga nos meses de agosto e setembro, respectivamente.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube