Fechar

logo

Fechar

Veja como foi a volta dos fiéis às celebrações na Catedral de Campina Grande

Da Redação com Pascom. Publicado em 22 de junho de 2020 às 10:52.

Foto: Fabrício Santos/Pascom-CG

Foto: Fabrício Santos/Pascom-CG

O bispo diocesano de Campina Grande, Dom Dulcênio Fontes de Matos, presidiu a Santa Missa do Lar, transmitida pela Rádio Caturité FM (104.1), na manhã deste domingo (21), na Catedral de Nossa Senhora da Conceição. 

O momento marcou o retorno gradativo dos fiéis, que após três meses, devido à pandemia,  voltaram a frequentar as celebrações. A Missa foi concelebrada pelo vigário geral da Diocese, padre Luciano Guedes, e assistida liturgicamente pelo diácono Ricardo, com o apoio dos seminaristas.

A Diocese de Campina Grande adotou uma série de medidas de segurança, conforme orientação das autoridades sanitárias. Para esse primeiro momento de reabertura ao povo, as igrejas receberão os fiéis em número reduzido a 30% da capacidade. Seguindo as orientações, todos os fiéis estiveram de máscaras e mantiveram a distância de um metro e meio, uns dos outros.

Paraíba Online • Veja como foi a volta dos fiéis às celebrações na Catedral de Campina Grande

Foto: Fabrício Santos/Pascom-CG

De forma calorosa e vibrante, o bispo deu as boas-vindas ao povo neste 12° domingo do Tempo Comum e com alegria expressou seu sentimento: “Neste Domingo em que muitos, como bons filhos, retornam ao convívio do Templo, abeirando-se à Mesa do Senhor, recebendo os seus frutos, acolho-os com a alegria de pai, que ansiava por vê-los, falar-lhes, cuidar-lhes o coração. Creio que, em Cristo, este é um tempo novo! Espero que os meses em que passaram longe dos divinos mistérios tenham-lhes provocado grande fome e sede de Deus… Sejam bem-vindos!”.

A mensagem trazida em sua homilia girou em torno da força e do encorajamento que Cristo passou aos seus discípulos: “A Liturgia da Palavra recorda a força que é Deus e daquilo que somos, fracos e necessitados Dele. Assim, diante do Senhor, nossa força, somos capazes de perceber que, muito mais do que um socorro que vem em auxílio da nossa debilidade, a proteção de Deus em nosso favor é uma manifestação fiel da Sua graça”.

No Evangelho deste domingo, Jesus repete por três vezes a expressão “Não tenhais medo!”, e conforme a explicação de Dom Dulcênio, a tríplice exortação de coragem é destinada a todos os cristãos que necessitam do seu amparo: “Ele nos conhece inteiramente, o Senhor sabe até onde vão as nossas capacidades humanas. E por isso, assiste-nos com sua Graça!”..

Paraíba Online • Veja como foi a volta dos fiéis às celebrações na Catedral de Campina Grande

Foto: Fabrício Santos/Pascom-CG

Sua mensagem final foi um brado de fortaleza e esperança àqueles que ainda não puderam se fazer presentes à Missa: “Não tenhais medo! Deus sabe, queridos filhos, do quanto queriam estar aqui. Mesmo na ausência física, a Igreja, como Mãe, vai ao seu encontro e quer ser próxima a vocês, porque sente a dor e o vazio que sentem. Coragem! Tudo passará! O Senhor é forte e venceu o mundo! Coragem! Não tenhais medo!”

Com a reabertura, o número de missas nas paróquias e na Catedral aumentou, proporcionando aos fiéis a escolha de um horário mais viável. 

O padre Luciano lembrou que todos os cuidados devem ser tomados para evitar o contágio do coronavírus, bem como falou que para participar das missas na Catedral os fiéis devem agendar previamente com a secretaria paroquial (3321.3140). As missas continuarão sendo transmitidas pelas redes sociais.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube