Fechar

logo

Fechar

Veja como ficaram definidas as etapas de retomada das atividades comerciais em CG

Da Redação. Publicado em 12 de junho de 2020 às 16:04.

Foto: Reprodução/ Live

Foto: Reprodução/ Live

O prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSD) anunciou nesta sexta-feira, 12, sobre como será a reabertura do comércio diante da pandemia do coronavírus.

Em uma live transmitida nas redes sociais, o gestor informou que o Plano de Convivência e Retomada das Atividades de Campina Grande iniciará com a primeira etapa na próxima segunda-feira, 15.

Segundo ele, uma Comissão de Convivência e Retomada foi formada para avaliar o cenário e discutir com todos os segmentos comerciais e de outras entidades civis.

– Tudo foi feito com muita conversa e diálogo, sugerindo e escutando, conversando com todos os segmentos. Ninguém foi excluído dessa discussão. Conseguimos construir uma proposta com a Federação das Industrias da Paraíba, CDL, ACCG, ABRASEL, SINDICAMPINA, SINDLOJAS, SINDFARMA, SINDIACATADO, SINDUSCON, SECOVI, AGEVISA, PROCON, SEBRAE, Conselho Municipal de Turismo, entre outros – frisou.

Conforme Romero, as exigências do protocolo sanitário são rígidas e haverá o aumento da fiscalização dos órgãos de controle, como Agevisa, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Procon, STTP e Guarda Municipal.

Distanciamento, uso de máscaras e Equipamento de Proteção Individual (EPI), álcool 70%, para clientes e colaboradores de cada empresa, são algumas das exigências estabelecidas.  Um protocolo extenso, de acordo com cada segmento, segundo Romero.

Uma cartilha será divulgada nos órgãos da Prefeitura Municipal com todos os detalhes.

A reabertura das atividades acontecerá em três etapas:

Primeira etapa (15 de junho)

Será permitida a abertura das lojas de varejos e serviços com até 200 metros quadrados no Centro e bairros de Campina Grande, com horário das 8h às 17h nos bairros e na Rua João Pessoa e adjacentes. Das 9h às 18h na Rua Maciel Pinheiro e adjacentes (Venâncio Neiva, Cardoso Vieira, etc);

Shoppings e galerias poderão funcionar nesta primeira etapa apenas como serviço ‘drive-thru’ ;

Salões de beleza e barbearias também poderão funcionar, obedecendo às normas sanitárias que serão divulgadas.

A partir do dia 20 de junho, atividades religiosas poderão funcionar com a capacidade máxima de 20%, respeitando o distanciamento mínimo de 1 metro e meio.

Segunda etapa (29 de junho)

Shoppings e galerias, mas sem o funcionamento de cinema, auditórios e de áreas de jogos;

Lojas de bairros e da área central com áreas superior a 200 metros quadrados;

Bares e restaurantes com uma taxa de ocupação inferior a 50%, e com a prioridade de ocupação ao ar livre;

Atividades físicas ao ar livre, com a liberação do Açude Velho, parques, e com o uso obrigatório de equipamentos de proteção (máscaras);

Academias de ginásticas obedecendo às normas da Acade (órgão regulador) e abaixo de 50% da capacidade;

Terceira etapa (12 de agosto)

Atividades religiosas com 40% da capacidade;

Retorno das atividades nas instituições de ensino público e privado;

Retorno de atividades de museus, teatros e casa de eventos, mas nunca superior a 50% da capacidade.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube