Fechar

logo

Fechar

Médica dá dicas para evitar contágio com outros vírus respiratórios durante pandemia

Da Redação*. Publicado em 3 de junho de 2020 às 11:33.

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

O inverno está chegando e com a estação os problemas respiratórios. Agora, mais do que nunca, os cuidados têm que ser mais do que redobrados devido à pandemia do novo coronavírus. Afinal, muitos dos sintomas da Covid-19 se confundem com as gripes ou resfriados.

De acordo com a médica pneumologista Camila Costa, durante entrevista concedida à Rádio Campina FM, as mudanças climáticas favorecem o surgimento de doenças como asma, renite alérgica e, devido ao fato de as pessoas se aglomerarem mais, facilita a transmissão dos vírus respiratórios como os que provocam os resfriados, com sintomas como febre baixa, coriza, nariz entupido, que duram de cinco a sete dias; a gripe causada pelo vírus da influenza, com sintomas como: febre mais alta, dor no corpo e, em caso mais duradouro, pode causar falta de ar e pneumonia.

Com relação aos sintomas da Covid-19, o que pode diferenciar desses outros é a ausência do paladar e olfato.

– As infecções pelo coronavírus trazem sintomas leves em 80%. Febre, tosse seca, dor no corpo, diarreia. Mas, os sintomas que têm chamado a atenção é a perda de olfato e paladar, o que diferencia dessas outras doenças – explicou.

A forma de evitar contaminação por outros tipos de vírus durante as temperaturas mais baixas é pela prevenção. A médica ressaltou a importância de sempre estar com as mãos higienizadas, sempre com as superfícies limpas e também o uso das máscaras.

Camila citou outras dicas para prevenção de adoecimento por vírus respiratórios durante o inverno.

– Os pacientes com doenças respiratórias crônicas não devem interromper o tratamento. Manter sempre a higiene do ambiente, resolver infiltração, evitar contato com poeira, evitar aglomeração, manter ambientes arejados, higienização das mãos com água e sabão ou álcool em gel. Não compartilhar pratos, copos, talheres. Aumentar a imunidade com uma alimentação rica em frutas, verduras, legumes e praticar atividade física frequentemente, além de manter as vacinas em dia.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube