Fechar

logo

Fechar

Caixa programa novo pagamento do auxílio emergencial para a próxima semana

Folhapress. Publicado em 3 de junho de 2020 às 19:25.

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

CRISTIANE GERCINA
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – A Caixa Econômica Federal deverá iniciar, na semana que vem, o pagamento de mais um lote da primeira parcela do auxílio emergencial de R$ 600 a milhões de trabalhadores.

O benefício é pago a informais, MEIs (microempreendedores individuais), contribuintes individuais do INSS, inscritos no CadÚnico e beneficiários do Bolsa Família durante a pandemia do coronavírus para garantir renda a famílias com dificuldades econômicas.

Ao todo, 11,1 milhões de cidadãos esperam resposta do governo ao pedido para ter a grana. Deste total, segundo dados apresentados pelo presidente da Caixa, Pedro Guimarães, nesta quarta-feira (3), 5,8 milhões estão em primeira análise e 5,3 milhões estão em reanálise por parte da Dataprev (empresa de tecnologia do governo) e do Ministério da Cidadania.

“Assim que recebermos a resposta sobre estes 11 milhões, em dois dias, nós iniciamos o pagamento”, afirmou Guimarães. “A expectativa é que, na semana que vem, nós tenhamos um lote relativamente grande vindo da Dataprev e do Ministério da Cidadania”, disse.

Segundo ele, será definida uma estratégia de pagamento, dependendo do número de cidadãos com direito de receber. A preocupação é evitar filas e aglomerações. Com isso, a Caixa poderá divulgar um novo calendário, específico para este lote.

O presidente da Caixa lembrou ainda que, quem tiver o direito ao benefício, receberá três parcelas de R$ 600 ou de R$ 1.200, valor pago para mães chefes de família, independentemente da data em que seu cadastro for aprovado.

“Ser aprovado após a maioria ter recebido a primeira parcela não significa que se perdeu a primeira parcela. Todas as pessoas que forem aprovadas terão o direito às três parcelas.”

Em nota, a Dataprev afirmou que os pedidos feitos no mês de maio “estão em processamento. Segundo a empresa de tecnologia, “as equipes trabalham intensamente para finalizar o serviço até o final desta semana. Os resultados serão informados após homologação pelas equipes técnicas do Ministério da Cidadania e Dataprev”.

FRAUDES NO BENEFÍCIO
Questionado sobre as fraudes no benefício, que fazem com que cidadãos sem direito ao auxílio recebam a renda enquanto outros esperem muito tempo sem resposta, Guimarães afirmou que a Caixa é apenas responsável pelo pagamento e não faz a análise para saber quem pode receber ou não.

“Nós temos uma divisão dos trabalhos. À Caixa coube a realização do aplicativo do cadastramento, como nós vimos, 107 milhões de pessoas se cadastraram, e ao Ministério da Cidadania e à Dataprev, couberam a análise deste cadastro”, disse.

Segundo ele, após essa informação, o banco estatal faz o pagamento a quem tem direito

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube