Fechar

logo

Fechar

Profissionais de Saúde ameaçam paralisar atividades nesta sexta-feira em João Pessoa

Da Redação. Publicado em 28 de maio de 2020 às 21:49.

Foto: Secom/JP

Foto: Secom/JP- Arquivo

A presidente do Conselho Regional de Enfermagem da Paraíba, Renata Ramalho, disse em entrevista à rádio pessoense, que os profissionais de Enfermagem devem fazer nesta sexta-feira, 28, uma paralisação em frente ao Hospital Santa Isabel, em João Pessoa.

O motivo se dá porque os profissionais reclamam que não foram contemplados com a medida provisória assinada pelo prefeito Luciano Cartaxo, que concede gratificação de até R$ 5.300 para médicos que atuam no combate a Covid-19.

Segundo informações dadas por Renata, o profissional médico recebe 1.800 reais no plantão da Covid, enquanto o profissional enfermeiro recebe 250 reais e o técnico de enfermagem 150 reais.

“Se o prefeito de João Pessoa e o secretário de Saúde, o senhor Adalberto Fulgêncio não tomarem uma medida na data de hoje, amanhã João Pessoa vai ser um caos na assistência de enfermagem, porque a gente não vai ter profissional para prestar assistência”, disse.

Ainda de acordo com Renata Ramalho a medida provisória publicada pelo prefeito Luciano Cartaxo é um desrespeito a categoria que segundo ela, já trabalha sem receber insalubridade e adicional noturno.

Renata explicou que o valor de 250 reais é limpo, sem acréscimos, ou seja, se o profissional der plantão diurno receberá os mesmos 250 reais que o profissional que está fazendo o plantão noturno, que tem direito ao adicional noturno de 22h até 5h da manhã, de 20% no valor do plantão.

“Para essa pandemia devido a gravidade do vírus deveria ser pago uma insalubridade de 40% e isso também não está sendo pago então é desrespeito e desvalorização total por parte da Prefeitura de João Pessoa com os profissionais de Enfermagem”, finalizou.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube