Fechar

logo

Fechar

Presidente do Sindicato dos Bancários repudia atitude de gestor de agência de CG

Da Redação. Publicado em 14 de maio de 2020 às 14:34.

Foto: Paraibaonline

Foto: Paraibaonline

O presidente do Sindicato dos Bancários de Campina Grande e Região, Esdras Luciano, afirmou que dois profissionais do Banco do Brasil foram diagnosticados com a Covid-19, mas apenas um estava em exercício na agência da Rua 7 de Setembro, no Centro de Campina Grande.

Ele destacou que a agência do Centro foi fechada para que um processo de higienização em todo o prédio.

Esdras repudiou, durante entrevista à Rádio Panorâmica FM, a atitude do gestor do Banco do Brasil que direcionou os funcionários da agência que foi fechada para higienização para trabalhar em outras agências espalhadas por Campina Grande.

Ele destacou que esses funcionários deveriam estar trabalhando de forma remota e em isolamento em suas residências para garantir que nenhum outro funcionário seja infectado pelo novo Coronavírus.

– O sindicato, ao tomar conhecimento, de imediato entrou em contato com os gestores das unidades e pediu que a higienização se desse em todo o prédio. Repudiamos a atitude irresponsável do gestor que, ao fechar a unidade para higienização, direcionou os funcionários para ir trabalhar em outras agências – disse.

Segundo Esdras, um comitê nacional de crise foi formado por representantes do comando nacional dos bancários e pela representação dos bancos, através da Fenaban.

Ele considerou que vários avanços ocorreram desde a criação do comitê, como disponibilização de equipamentos de proteção individual para os funcionários e reforço na limpeza constante no ambiente de circulação de pessoas.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube