Fechar

logo

Fechar

Ministros militares estão revoltados com convocação do Supremo

Da Redação. Publicado em 9 de maio de 2020 às 17:48.

Foto: Arquivo-Agência Brasil

Foto: Arquivo-Agência Brasil

Militares que têm cargos no Palácio do Planalto estão indignados com o fato de o ministro decano (mais antigo) do Supremo Tribunal Federal, Celso de Mello, ter determinado que alguns deles prestem depoimento como testemunhas no inquérito que apura as denúncias do ex-ministro da Justiça Sérgio Moro, mesmo que seja necessária a “condução coercitiva” ou “debaixo de vara”.

General Augusto Heleno (foto), do Gabinete de Segurança Institucional; Walter Braga Netto, da Casa Civil; e Luiz Eduardo Ramos, da Secretaria de Governo. 

*Com informações do ‘Estadão’ e coluna Aparte

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube