Fechar

logo

Fechar

HUAC volta a ofertar leitos para tratar pacientes com coronavírus em Campina Grande

Da Redação*. Publicado em 12 de maio de 2020 às 11:24.

Foto: Paraibaonline

Foto: Paraibaonline

O diretor do Hospital Universitário Alcides Carneiro, em Campina Grande, Homero Rodrigues, afirmou que no início da pandemia no Brasil o hospital reservou 12 leitos de UTI e 12 de enfermaria para tratamento de pacientes com Covid-19. Ele citou que, ao passar do tempo, os leitos não foram preenchidos e outros pacientes com outras doenças estavam precisando dos leitos, que inicialmente estavam reservados.

Segundo Homero, uma reunião foi realizada com a Secretaria de Saúde de Campina Grande, Ministério Público Estadual e Ministério Público Federal, para acertar que o HUAC desativaria temporariamente os leitos que foram reservados para a Covid-19.

Com o aumento dos casos em Campina Grande, Homero destacou que o hospital está aguardando apenas a ordem do prefeito Romero Rodrigues (PSD) para voltar a disponibilizar os leitos anteriormente estabelecidos e colaborar com o tratamento de pacientes infectados pelo novo coronavírus.

– Esperamos apenas o sinal do gestor municipal – enfatizou.

Homero comentou, durante entrevista à Rádio Caturité FM, que o hospital tinha uma média de 12 mil atendimentos ambulatoriais por mês, mas, por determinação do Ministério da Saúde, as consultas regulares pelo SisReg foram suspensas.

Ele ainda frisou que as visitas presenciais também foram suspensas e os pacientes da UTI têm recebido ‘televisitas’ por chamada de vídeo.

O diretor ressaltou que o HUAC possui um e-mail para que a população possa tirar dúvidas sobre a Covid-19 e disse que os profissionais que respondem são todos médicos preparados. O e-mail para sanar dúvidas é [email protected].

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube