Fechar

logo

Fechar

Com afastamento de prefeito, sucessor anuncia mudanças em prefeitura paraibana

Da Redação*. Publicado em 22 de maio de 2020 às 8:54.

Foto: Ascom

Foto: Ascom

Após a divulgação da decisão judicial que determinou o afastamento do prefeito de Bayeux, Berg Lima, o presidente da Câmara da cidade, Jefferson Kita (PSB), anunciou que aguarda apenas a notificação e o recebimento da documentação para convocar uma sessão extraordinária e tomar posse de forma legal.

Dentre os planos já anunciados por ele para a gestão do município, está a desativação de algumas secretarias. Na visão do gestor, todas elas são importantes, no entanto, no momento de pandemia e, consequentemente, crise financeira, essa seria a melhor opção.

“Não existe outro caminho pra Bayeux a não ser ajustar e fazer o enxugamento da folha e dos serviços não essenciais”, ponderou.

Jefferson (foto) pontuou que tem formação em gestão pública, logo, além de político, afirma ter uma visão técnica sobre o assunto.

Na visão de Kita, Bayeux está totalmente desgovernada, tendo em vista os problemas do prefeito com a Justiça e a sua falta de compromisso com a cidade.

“O prefeito quando foi preso respondia a um único processo, hoje responde a mais de 15. Então, é uma pessoa reincidente em crimes. A Justiça o afastou. Me resta como presidente da Câmara, o segundo na linha constitucional, já que o vice não pode assumir, eu vou e vou dar o máximo de mim”, completou.

Em relação aos servidores, Jefferson afirmou que pretende fazer a exoneração e realizar um levantamento para identificar onde essas pessoas estão trabalhando e evitar funcionários fantasmas, ou em funções que não têm utilidade.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube