Fechar

logo

Fechar

Aumento do preço do gás de cozinha se dá por conta do dólar, diz sindicato

Da Redação*. Publicado em 29 de maio de 2020 às 8:49.

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

O consumidor deve desembolsar de R$ 2,00 a R$ 3,00, a mais, para poder comprar o gás de cozinha após o reajuste determinado pela Petrobras no último sábado.

Este foi de 5% e quem comprava o botijão de 13 quilos ao preço de R$ 70 à vista, podendo chegar a R$ 75 a prazo, agora vai ter que pagar R$ R$ 73 e R$ 78, respectivamente, dependendo do estabelecimento.

Segundo o presidente do Sindicato dos Revendedores de Gás da Paraíba, Marco Antônio Bezerra, durante entrevista à Rádio Campina FM, a Petrobras ainda não deu nenhuma explicação para o motivo do aumento, mas a entidade acredita que seja por causa do dólar, o que, de acordo com ele, seria a única explicação.

Com relação a um possível medo do consumidor de ficar sem o gás de cozinha, devido à pandemia, ele disse que pode ficar tranquilo.

– O mercado está totalmente abastecido e não tem nenhum rumor de que terá a falta do produto, mesmo diante dos problemas da pandemia. Pelo contrário, a demanda está muito baixa, pois no início houve uma procura muito grande e as pessoas provavelmente fizeram estoque do produto – afirmou.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube