Fechar

logo

Fechar

MPT-PB anuncia apoio para montagem de hospital de campanha de Campina Grande

Da Redação com Codecom/CG. Publicado em 2 de abril de 2020 às 18:45.

Foto: Codecom/CG

Foto: Codecom/CG

Durante videoconferência com integrantes do Ministério Público do Trabalho na Paraíba (MPT-PB), na tarde desta quinta-feira, 2, o prefeito Romero Rodrigues conseguiu do colegiado o compromisso de apoio financeiro da instituição para a aquisição de equipamentos para o primeiro hospital de campanha de Campina Grande, na área externa do Hospital Pedro I – mais uma iniciativa para aumentar a rede de proteção à comunidade à ameaça da Covid-19.

O investimento projetado pela prefeitura campinense para equipar a nova unidade é da ordem de R$ 1,3 milhão.

Pelo MPT-PB, participaram da videoconferência os procuradores Marcela Asfora, Andressa Alves Lucena, Marcos Antonio Ferreira e Raulino Maracajá. Com Romero Rodrigues, pela equipe da Prefeitura, integraram a reunião virtual o secretário Filipe Reul, da Saúde Municipal, e o infectologista Rodolpho Dantas.

Os procuradores decidiram, prioritariamente neste primeiro momento, entrar em consenso pelo apoio financeiro à Secretaria de Saúde de Campina Grande em relação à aquisição dos equipamentos básicos – no caso, os 42 leitos, aparelhos de ar-condicionado, suportes para soros e escadas para as camas hospitalares.

O colegiado sinalizou também positivamente para a possibilidade de apoio à aquisição de novos respiradores para o Município.

Ações coordenadas

Ao longo de uma hora e meia, o prefeito Romero Rodrigues e os procuradores do Trabalho trocaram informações e impressões a respeito das providências que vêm sendo adotadas em Campina Grande dentro da estratégia de prevenção e controle do novo coronavírus.

Romero destacou o esforço da prefeitura campinense no sentido de dotar o Município de uma rede bem organizada e segura.

Romero Rodrigues agradeceu outros gestos de solidariedade e apoio do MPT-PB ao Município e realçou a importância das ações coordenadas de preparação de equipes da Saúde municipal e estruturação das unidades para o enfrentamento da nova doença.

A definição do Hospital Municipal Pedro I como referência para a assistência aos infectados e os suportes da Upa Dr. Maia, no Alto Branco, além de suportes no ISEA e Hospital da Criança. O anúncio da transformação emergencial da obra da Central de Hemodiálise em hospital de campanha, segundo ele, eleva o grau de excelência das medidas administrativas para esse fim.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube