Fechar

logo

Fechar

Energisa inicia ‘Movimento Energia do Bem’ com ações na Paraíba

Ascom. Publicado em 7 de abril de 2020 às 14:21.

Foto: Ascom

Foto: Ascom

As primeiras ações do movimento Energia do Bem, criado pela Energisa para ajudar no combate à pandemia de Covid-19, já estão acontecendo na Paraíba.

A empresa reuniu um time de especialistas, entre técnicos, eletricistas, supervisores e coordenadores para apoiarem a prefeitura de João Pessoa na reabertura do HTOP e Hospital Treze de Maio.

Essa foi a primeira iniciativa do movimento no estado. As equipes da Energisa vêm ajudando acelerar as obras, viabilizando e promovendo melhorias em toda parte elétrica interna e externa dos prédios, que serão destinados a pacientes que busquem tratamento para o coronavírus.

“Mais do que o nosso papel com prestadora de serviço público, é nosso papel como cidadão. O que pudermos fazer para ajudar a sociedade, faremos”, declara Ricardo Charbel, diretor-presidente da Energisa na Paraíba.

Além disso, a Energisa Paraíba vai doar 12 ventiladores pulmonares para o Governo do Estado, os quais serão destinados ao Hospital Universitário Lauro Wanderley (HU), em João Pessoa.

A iniciativa, realizada com recursos próprios da distribuidora, tem como objetivo aumentar os leitos hospitalares do Estado e prestar um melhor e mais ágil atendimento àqueles que venham precisar.

O Grupo Energisa criou o Energia do Bem para viabilizar ações emergenciais que ajudem a superar a crise humanitária provocada pela doença.

Trata-se de uma rede de atuação orgânica, que já reúne 13 parceiros, envolvidos em iniciativas que incluem doação e manutenção de ventiladores pulmonares, obras elétricas em unidades públicas de saúde e captação de recursos para assistência a idosos.

Também foi criado o portal Energia do Bem, com informações confiáveis sobre a doença e conteúdo para reduzir os impactos do isolamento social.

O Grupo Energisa investirá R$ 5 milhões no movimento em todos os estados onde atua. Os recursos serão aplicados em diversas frentes mapeadas junto ao poder público local.

Na Paraíba, ainda estão previstas outras atividades para acontecer, todas no âmbito da saúde, contribuição social e cultura local.

“O foco é sempre em ações orgânicas e dinâmicas, mas articuladas com as necessidades do poder público em cada localidade”, afirma a Vice-Presidente de Gente e Gestão do Grupo Energisa, Daniele Salomão.

Entre os parceiros envolvidos no movimento estão Confederação Nacional da Indústria (CNI), IEL – Instituto Euvaldo Lodi, Sesi/Senai e Agência de Desenvolvimento do Polo Audiovisual da Zona da Mata (MG) e Evoé. A Unesco fará uma curadoria de conteúdos educativos para o portal.

“Assim como fazemos todos os dias, estamos com equipes em campo, todos tomando as devidas precauções, mas atuando, 24h por dia, para levar conforto e segurança aos paraibanos. E o que pudermos fazer para ajudar o estado, faremos”, conclui Charbel.

Sobre a Energisa

Com 115 anos de história, o Grupo Energisa é o 5º maior em distribuição de energia elétrica. Uma das primeiras empresas a abrir capital no Brasil, a companhia controla 11 distribuidoras em Minas Gerais, Paraíba, Rio de Janeiro, Sergipe, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Tocantins, São Paulo, Paraná, Rondônia e Acre.

Com receita líquida anual de R$ 16,9 bilhões (ano 2019), o Grupo atende a 7,8 milhões de clientes (o que representa uma população atendida de quase 20 milhões de pessoas) em 862 municípios de todas as regiões do Brasil, além de gerar aproximadamente 19 mil empregos diretos e indiretos.

Com a missão de transformar energia em conforto, desenvolvimento e oportunidades de forma sustentável, responsável e ética, a Energisa atua com um portfólio diversificado que engloba distribuição, geração, transmissão, serviços para o setor elétrico (Energisa Soluções), serviços especializados de Call Center (Multi Energisa), comercialização de energia (Energisa Comercializadora) e soluções em energias renováveis (Alsol).

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube