Fechar

logo

Fechar

Centro Universitário oferece prédio à Prefeitura de Campina Grande

Da Redação com agências. Publicado em 6 de abril de 2020 às 21:09.

Dando continuidade às iniciativas do grupo Ser Educacional no apoio às cidades ao combate ao Coronavírus, a Uninassau – Centro Universitário Maurício de Nassau em Campina Grande disponibilizou à Prefeitura Municipal o prédio da unidade Palmeira.

A ideia é que a estrutura seja utilizada, se necessário, como ponto de apoio para procedimentos administrativos e para o atendimento de pacientes com enfermidades mais leves, permitindo que os hospitais públicos e privados da cidade fiquem dedicados, ao máximo, aos casos suspeitos e confirmados de Coronavírus.

“Em reunião com o prefeito Romero Rodrigues, disponibilizamos a unidade Palmeira como um ponto de apoio para desafogar os hospitais e unidades de saúde de Campina Grande, caso seja necessário. Como se sabe, os pacientes acometidos pela Covid-19, quando necessitam de internação, precisam da estrutura hospitalar. Então, nosso prédio pode ser utilizado para atendimento de outros tipos de pacientes, com problemas mais leves e também para procedimentos administrativos”, explicou a reitora da Uninassau Campina Grande, Cliene Andrade.

A medida vem em resposta ao aumento diário no número de infectados no País e a perspectiva de que o sistema de saúde não tenha estrutura suficiente para receber a todos.

Na semana passada, o grupo Ser Educacional anunciou a disponibilização de prédios de várias de suas Instituições de Ensino Superior para serem utilizados como ponto de apoio no tratamento de pacientes com Covid-19.

Foto: Ascom

Foto: Ascom

A decisão está válida para diversas unidades da Uninassau, UNAMA, UNINORTE, UNIVERITAS, UNG e UNINABUCO espalhadas em todo o território nacional, que possuem prédios desocupados.

“Oferecer ajuda nesse momento de crise é um dever e a UninassauU, assim como as outras Instituições de Ensino Superior mantidas pelo grupo Ser Educacional, está empenhada em contribuir da forma que puder. Em algumas cidades, o Grupo possui prédios sem uso neste semestre e eles foram disponibilizados para o atendimento direto de pacientes com Covid-19, caso seja necessário. Aqui em Campina Grande, a Uninassau utiliza as duas unidades atualmente e, por esse motivo, estamos liberados para abrigar outros casos, se a Prefeitura necessitar realocar pacientes mais leves e desocupar leitos hospitalares, aumentando a capacidade de atendimento de pacientes com Covid-19 nos hospitais”, detalhou Cilene.

O presidente do Ser Educacional, Jânyo Diniz, destaca que a decisão não afeta os estudantes das Instituições. “É importante lembrar que esta é uma medida que vai beneficiar toda a sociedade, mas que não acarretará atrasos ou interferência no calendário acadêmico dos nossos discentes. No momento correto, retomaremos às nossas aulas presenciais”, complementou.

Entre as unidades que já receberam visita das prefeituras estão a Uninassau Recife, Natal, João Pessoa e Fortaleza, além da UNAMA Belém. Atualmente, o Ser Educacional conta com mais de 50 unidades distribuídas em todas as regiões do Brasil.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube