Fechar

logo

Fechar

UFPB oferece atendimento psicológico a estudantes pelo Whatsapp

Da Redação com Ascom. Publicado em 28 de março de 2020 às 13:36.

Foto: Ascom

Foto: Ascom

O Serviço de Psicologia da Coordenação de Assistência e Promoção ao Estudante (Coape) da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) está oferecendo atendimento online, por meio do aplicativo de mensagem de texto Whatsapp, a estudantes assistidos pela instituição.

Para solicitar o atendimento, obter orientações ou escuta psicológica, o aluno deve ter mais de 18 anos de idade e enviar mensagem de texto com nome e número de matrícula para o telefone (83) 99302.2992 ou 98892.3485, de segunda a sexta-feira.

Esta é uma das medidas da Pró-Reitoria de Assistência e Promoção ao Estudante (Prape) para prevenção e adequação do funcionamento da universidade às determinações oficiais referentes à emergência de saúde pública decorrente do novo coronavírus (Covid-19).

“A prioridade no atendimento é para aqueles assistidos pela Coape, no âmbito do Plano Nacional de Assistência Estudantil (Pnaes)”, ressalta a psicóloga Raquel Figueiredo, uma das profissionais responsáveis pelo serviço.

De acordo com Geysa Nascimento, da Pró-Reitoria de Assistência e Promoção ao Estudante, a iniciativa é importante devido à impossibilidade temporária do encontro físico e da necessidade de manter atendimento e acolhimento a essas pessoas.

“Estar atento à saúde emocional nesses momentos de crise é tão importante quanto seguir as normas de prevenção e cuidar da saúde física”, afirma.

De acordo com ela, as psicólogas designadas ao atendimento são cadastradas no Conselho Regional de Psicologia para fazer atendimento psicológico de maneira remota, nesse momento de pandemia devido ao Covid-19.

“O nosso objetivo é prestar este serviço de forma ética, através de uma escuta afetiva. O Serviço seguirá enquanto durar o confinamento e, em seguida, será retomado presencialmente na instituição”, explica Geysa.

Segundo a psicóloga Raquel Figueiredo, é importante oferecer assistência devido ao pânico que se criou em torno do Covid-19, que gera insegurança e instabilidade emocional.

Ela conta que a questão econômica e os próprios estudos têm causado ansiedade aos alunos, pois as atividades ainda estão em andamento, mas algumas pessoas não conseguem desempenhar as ações.

“Então, é importante manter a estabilidade e uma rotina, para focar nas atividades que realiza”, explica a psicóloga.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube