Fechar

logo

Fechar

Trauma de Campina Grande registra redução no número de vítimas de acidente de moto

Da Redação*. Publicado em 27 de março de 2020 às 21:52.

Foto: Reprodução/ TV Paraíba

Foto: Reprodução/ TV Paraíba

Outro efeito do novo coronavírus apareceu no Hospital de Trauma de Campina Grande.

Depois das medidas de isolamento, a quantidade de acidentes envolvendo motocicletas, despencou.

A Floriano Peixoto é a principal avenida de Campina Grande. A rua Getúlio Vargas também tem muito movimento em dias normais.

Mas com poucos carros e motos circulando, o número de acidentes caiu.

A mudança é perceptível no setor de emergência do Hospital de Trauma de Campina Grande.

Na parte interna, pouco movimento.

– Esse período de quarentena nos chama atenção os números do hospital. O número de atendimentos na Emergência caiu 50% principalmente os acidentes de moto. Os acidentes de motos caíram 60%. Por conseguinte, o número de cirurgias também caiu. Em relação a todas as especialidades, a gente contabilizou nesse período uma queda de 70%. Antigamente chegávamos a operar 30 pacientes por dia, e, nesse período de quarentena, estamos operando 10. Em relação aos pacientes da ala da Ortopedia, estamos com 24 pacientes internados, apenas faltando 2 para operar já programados para o dia de hoje, sexta-feira – disse o diretor clínico do Trauma, Gilney Porto.

O Trauma de Campina é referência no atendimento de acidentados para 150 cidades de Paraíba e ainda do Rio Grande do Norte e Pernambuco.

Então, imaginar um cenário como esse parecia impossível.

Essa grande redução no número de acidentes significa que vidas estão sendo preservadas. Além disso, os profissionais do Hospital de Trauma de Campina Grande têm aproveitado esse período de pouca movimentação para se preparar, para ser um possível apoio no atendimento de vítimas do coronavírus na cidade.

– Estamos com duas enfermarias prontas caso precise como retaguarda, já que o fluxo inicial é pela UPA Alto Branco e Hospital Pedro I, mas estamos também preparados caso haja o aumento de número de casos de coronavírus – finalizou Gilney Porto.

*com informações da TV Paraíba

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube