“Tem que engolir atravessado”, reclama vereadora sobre escolha de candidato em CG

Da Redação. Publicado em 3 de março de 2020 às 15:32.

Foto: Ascom

Foto: Ascom

A presidente da Câmara de Campina Grande, vereadora Ivonete Ludgério (PSD), se uniu ao vereador Olímpio Oliveira (MDB) ao criticar o processo de definição dos pré-candidatos à Prefeitura Municipal da cidade nas eleições deste ano.

A vereadora situacionista comentou a não escolha do deputado Manoel Ludgério (PSD), esposo dela, como candidato a prefeito e atribuiu a questão de ele não ter “sobrenome importante na política”.

– Ele só será candidato se ele for escolhido e ele sabe que nunca será, porque casou com ‘Ivonete Almeida de Andrade’. Não tem sobrenome importante na política e, infelizmente, a temos que engolir atravessado – afirmou.

A vereadora ainda teceu comentários sobre a definição de nomes dentro da política paraibana, que, segundo ela, é estabelecida segundo influências familiares.

– Infelizmente nós vivemos esse tempo, é a mulher de fulano que é candidata, é sobrinho, é casado com a parente, da parente, do parente – declarou.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube