Fechar

logo

Fechar

Secretário de Saúde afirma não ser confiável ainda a reabertura do comércio na PB

Da Redação de João Pessoa (Hacéldama Borba). Publicado em 30 de março de 2020 às 15:31.

Paraíba Online • Secretário de Saúde afirma não ser confiável ainda a reabertura do comércio na PB

Foto: Paraibaonline

O secretário de Saúde do Estado, Geraldo Medeiros se disse ainda muito cético em relação à reabertura do comércio no Estado, como estão querendo alguns comerciantes e gestores municipais e a rede de transporte coletivo.

Ele vê com tristeza a insistência das pessoas no momento em que a Saúde tenta cuidar da vida dos paraibanos preservando-lhes a vida, e alguns tentam desobedecer ao que determina os sanitaristas e epidemiologistas do mundo inteiro.

“Nós ainda não atingimos o pico dessa curva exponencial. Estamos procurando achatar essa curva para que não haja o colapso da rede pública hospitalar. É fundamental que nesse momento, tenhamos o distanciamento social, que as pessoas fiquem em casa para evitar o aumento da circulação viral e, consequentemente, mais casos e mais mortes pelo coronavírus”, salientou.

Ele explicou que o governador João Azevêdo atenuou alguns casos através do decreto, mas que deve persistir a orientação para a população de ficar em casa, porque o que se observa é o aumento progressivo de casos, de óbitos suspeitos que precisam ser confirmados e que é fundamental que o isolamento social permaneça, principalmente para as pessoas que estejam com sintomas de gripe, para evitar transmissão.

“E aquela população de risco, que é a população idosa, nem deve nem pensar em sair de casa”, advertiu.

O secretário desaconselha a volta da circulação dos ônibus previsto para o dia 6 de abril, pois qualquer aumento do contato entre as pessoas é maléfico, aumenta mais ainda o número de casos e mortes, até porque dentro de um coletivo as pessoas ficam muito perto e colocam as mãos nos mesmos lugares.

“É preciso que as pessoas entendam que nós estamos diante de um vírus que tem um alto poder de transmissibilidade, que mata e não apenas idosos, mas jovens e isso é uma realidade nova que nós estamos observando na Europa. Então é fundamental que todos se mobilizem e obedeçam às orientações da Secretaria de Saúde”, completou.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube