Fechar

logo

Fechar

Diocese de Campina Grande suspende missas presenciais. Veja as alternativas

Da Redação com Pascom. Publicado em 19 de março de 2020 às 17:36.

Foto: Paraibaonline

Foto: Paraibaonline

O bispo diocesano de Campina Grande, Dom Dulcênio Fontes de Matos, divulgou novo decreto nesta quinta-feira acerca das recomendações inerentes à ameaça de propagação do coronavírus, levando em conta “as orientações emanadas das autoridades públicas de saúde nas esferas federal, estadual e municipal”.

Entre as medidas anunciadas está o cancelamento das missas e batizados por 15 dias, a partir de 20 de março.

“Os sacerdotes celebrem o Santo Sacrifício da Missa com as portas fechadas, apenas nas Igrejas Matrizes e com o auxílio de uma pequena equipe de liturgia, na intenção geral dos fiéis, pela humanidade e pela Santa Igreja”, estabelece um dos artigos do decreto.

Serão intensificadas as transmissões da Missa pela internet e rádio, onde houver possibilidade, para o consolo espiritual dos fiéis.

Haverá a transmissão diária da Santa Missa através da Rádio Caturité (104.1 FM) nos seguintes horários: segunda à sexta-feira (meio-dia); sábados (19h30min) e domingos (10h00).
“Sobre a Celebração da Semana Santa daremos novas orientações”, assina o decreto.

Veja o decreto na íntegra.

CONSIDERANDO as orientações emanadas das autoridades públicas de saúde nas esferas federal, estadual e municipal frente à pandemia do novo Coronavírus (COVID-19);

CONSIDERANDO a nota com orientações pastorais publicada no último dia 17 de março;

CONSIDERANDO que o Bispo Diocesano, conforme preceitua o cânon 87, § 1, do Código de Direito Canônico, pode dispensar os fiéis do cumprimento das leis disciplinares em seu território;

DECRETAMOS
Art. 1. Sejam canceladas as Missas e batizados com o povo por quinze dias a partir de 20 de março;

Art. 2. As celebrações do Sacramento do Matrimônio devem ser remarcadas. Na impossibilidade disto, a celebração ocorra com a presença apenas dos noivos, duas testemunhas e o ministro;

Art. 3. Os sacerdotes celebrem o Santo Sacrifício da Missa com as portas fechadas, apenas nas Igrejas Matrizes e com o auxílio de uma pequena equipe de liturgia, na intenção geral dos fiéis, pela humanidade e pela Santa Igreja;

Art. 4. Fica suspenso o atendimento do Sacramento da Confissão;

Art. 5. Os sacerdotes devem atender os fiéis em caso de extrema necessidade, para o viático ou a confissão, mantendo os devidos cuidados;

Art. 6. Intensifique-se as transmissões da Missa pela internet e rádio, onde houver possibilidade, para o consolo espiritual dos fiéis. Haverá a transmissão diária da Santa Missa através da Rádio Caturité (104.1 FM) nos seguintes horários: segunda à sexta-feira (meio-dia); sábados (19h30min) e domingos (10h00);

Art. 7. As atividades do Seminário Diocesano São João Maria Vianney ficam em recesso no período de 20 de março à 13 de abril;

Art. 8. As igrejas permaneçam abertas para a visitação pessoal dos fiéis, sem aglomeração.

Art. 9. Os sacerdotes mantenham-se em proximidade espiritual dos fiéis, através dos diversos meios, consolando-os, transmitindo a Palavra de Deus, rezando com eles e por eles. Em espírito de contrição e humildade, sejam oferecidos jejuns e orações por todos as famílias. Ajudem a todos a manterem os cuidados necessários quanto à saúde e sejam instrumentos de paz, fé, esperança e caridade.

Art. 10. Sobre a Celebração da Semana Santa daremos novas orientações.
Dado e passado nesta Episcopal Cidade de Campina Grande, Estado da Paraíba, sede do nosso governo, no dia dezenove de março, do ano do Senhor de dois mil e vinte, sob o selo e sinal de nossas armas e chancelaria.

Solenidade do Bem Aventurado São José, Patrono da Igreja Universal.
Dom Dulcênio Fontes de Matos
Bispo Diocesano de Campina Grande

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube