Fechar

logo

Fechar

Diocese de Campina Grande divulga horários e orientações referentes à Semana Santa

Da Redação com Pascom. Publicado em 31 de março de 2020 às 8:44.

Por intermédio de decreto, o bispo diocesano de Campina Grande, Dom Dulcênio Fontes de Matos, fixou os critérios para a realização das celebrações da Semana Santa, diante do estado de calamidade pública, decorrente do coronavírus.

 Leia os principais trechos do documento.

Art. 1. Os ritos da Semana Santa serão celebrados apenas na Igreja Catedral e na Igreja Matriz de cada Paróquia sem a participação do povo, com a presença de uma restrita, reduzida ao máximo possível, equipe litúrgica de apoio e com os cuidados necessários.

Art. 2. As celebrações sejam, na medida do possível, transmitidas ao vivo pelos meios de comunicação.

Paraíba Online • Diocese de Campina Grande divulga horários e orientações referentes à Semana Santa

Foto: Pascom/CG

As Paróquias que não puderem realizar, aconselhem os fiéis a acompanharem as celebrações que serão transmitidas pelas redes católicas de televisão e rádio, especialmente pela rádio Caturité 104.1 FM e pela TV Itararé (canal 18), que irão transmitir as celebrações da Catedral com o Bispo Diocesano, nos seguintes horários:

– Domingo (Ramos, 05/04): 10h;
– Quinta-feira (Santos Óleos, 09/04): 8h30;
– Quinta-feira (Ceia do Senhor, 09/04): 17h;
– Sexta-feira: (Paixão do Senhor, 10/04): 15h;
– Sábado (Vigília Pascal, 11/04): 19h30;
– Domingo (Páscoa, 12/04): 10h;

Missa da Ceia do Senhor (09/04/20). O rito do lava-pés seja omitido. Ao término da Missa seja omitida a procissão e o Santíssimo Sacramento seja conservado no sacrário.

Sexta-feira da Paixão (10/04/20). O rito do beijo da Cruz seja feito somente pelo presidente da celebração. Na oração universal seja acrescentada a seguinte prece:

Pelas vítimas da pandemia.
Oremos por todas as vítimas do novo coronavírus, sobretudo os mais vulneráveis, a fim de que sejam livres de suas consequências, sejam consolados os que perderam seus entes queridos e logo se encontre a cura para a COVID-19.

Vigília Pascal (11/04/20). Seja omitido o rito da bênção do fogo. O círio, já preparado antecipadamente, seja aceso de modo simples, omitida a procissão e entoado o precônio pascal (Exsultet). Segue-se a liturgia da Palavra. Para a liturgia batismal, apenas se renovam as promessas batismais e segue-se a liturgia Eucarística.

Ficam prorrogadas as orientações quanto às atividades pastorais publicadas no Decreto de 19 de março de 2020, até que se determine o contrário.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube