Fechar

logo

Fechar

Coronavírus: Secretaria de Saúde da PMCG lança site, WhatsApp e linha telefônica

Da Redação com Codecom/CG. Publicado em 16 de março de 2020 às 21:09.

Foto: Codecom/CG

Foto: Codecom/CG

A Prefeitura de Campina Grande (PMCG) anunciou uma série de medidas administrativas para o enfrentamento ao coronavírus. Entre as ações, a Secretaria de Saúde lançou canais de comunicação e de busca de informações sobre a doença, as orientações e os encaminhamentos para os casos suspeitos na cidade.

Já estão à disposição da população para consulta um site, um número de WhatsApp e o número de uma linha telefônica.

O endereço do site é o coronaviruscg.com.br, pelo qual o usuário fica sabendo um pouco mais sobre a doença: formas de transmissão e prevenção, o que uma pessoa precisa para se enquadrar como um caso suspeito, quais são as unidades de referência em atendimento no município, as recomendações para pessoas que viajaram para fora do país, como buscar ajuda e as determinações locais para eventos, estabelecimentos e escolas.

Os canais

Além disso, a Secretaria Municipal de Saúde também está disponibilizando canais de comunicação que vão ser gerenciados por profissionais técnicos como enfermeiros e médicos para tirar dúvidas da população e, caso necessário, enviar uma equipe para avaliar se a pessoa se enquadra no perfil de caso suspeito e iniciar a investigação, bem como o tratamento.

O Whatsapp exclusivo para mensagens é o (83) 98141-7964 e o telefone para falar com um dos atendentes é o (83) 3315-5139. Esses serviços vão funcionar todos os dias das 7h às 19h. A base vai funcionar no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192).

O SAMU, aliás, também já criou o seu protocolo de atendimento e, se na interação pelo WhatsApp ou pela linha exclusiva do coronavírus, os profissionais identificarem que quem está ligado pode se enquadrar como caso suspeito, uma ambulância especial é enviada à casa da pessoas, com equipamentos de proteção individual diferenciados para a equipe e protocolo de atendimento especializado.

As Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) também já estão realizando a triagem dos casos supostamente suspeitos e o Hospital Municipal Pedro I foi equipado com quatro leitos, sendo dois de UTI e dois de observação, para a internação em casos graves.

Guerra contra a desinformação

“Estamos trabalhando com isso para municiar a população do máximo de informação, porque esse é um desafio que se vence com informação”, ressaltou o secretário Filipe Reul, da Saúde municipal.

Segundo Reul, o esforço da Prefeitura é debelar qualquer tipo de informação falsa que possa criar pânico nos moradores. Campina Grande hoje não tem nenhum caso confirmado, mas vamos informar se vier a acontecer, de acordo com o secretário.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube