Fechar

logo

Fechar

Preços dos combustíveis em Campina Grande resistem a tudo e a todos

Da Redação. Publicado em 27 de fevereiro de 2020 às 21:27.

Foto: Fernando Frazão/ Agência Brasil

Foto: Fernando Frazão/ Agência Brasil

Não tem controle nem fiscalização eficaz o preço dos combustíveis em Campina Grande.

Mesmo com o apregoado livre mercado, o setor tem claras demonstrações de monopólio, com poucos empresários atuando no segmento, o que propicia as condições para que os valores sejam ´ditados´, diante da tímida concorrência.

Nenhuma das quatro recentes reduções anunciadas pela Petrobras no preço da gasolina foi repassada aos consumidores, mas sim a movimentação mais recente, que foi uma majoração da ordem de 3% no preço praticado nas refinarias.

O fato é que, enquanto na BR-230 é possível comprar gasolina a R$ 4,09 o litro e o etanol a R$ 3,08 – no caso de João Pessoa o etanol chega a ser vendido a R$ 2,89 –, em Campina a gasolina tem sido comercializada a R$ 4,39 (na média) o litro, e o etanol a R$ 3,19.

No caso do etanol, o preço oscila toda vez que a Petrobras mexe para cima no preço da gasolina, apesar de não existir nenhuma vinculação direta e legal – nem de custos – entre o derivado de petróleo e o derivado da cana-de-açúcar.

As iniciativas para tentar coibir essa manipulação de preços malograram.

O mais recente exemplo é o da CPI dos Combustíveis da Câmara Municipal de Campina Grande, que não consegue sequer divulgar o seu relatório final.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube