Fechar

logo

Fechar

Luciano Cartaxo: “João Pessoa deixou de ser uma cidade imprensada”

Da Redação*. Publicado em 12 de fevereiro de 2020 às 21:38.

Paraíba Online • Luciano Cartaxo: “João Pessoa deixou de ser uma cidade imprensada”

Foto: Ascom

Na introdução de seu longo pronunciamento, nesta terça-feira, na Câmara Municipal de João Pessoa, o prefeito Luciano Cartaxo (PV) registrou que “a minha motivação é a mesma de quando assumi a prefeitura em janeiro de 2013”.

Ao se debruçar sobre a questão do funcionalismo, citou a abertura, ainda este ano, de 1.159 vagas em concursos públicos, ressaltando em seguida que “já fiz a nomeação da maior quantidade de concursados da história de João Pessoa”.

O prefeito deu especial ênfase à área da habitação, realçando as “10 mil casas entregues ou em construção” em sua gestão, o que avivou, para alguns edis, o nome da titular desse setor na PMJP, Socorro Gadelha, uma das alternativas para a sucessão municipal pelo PV.

Cartaxo se reportou à obra da barreira do Cabo Branco, “um desafio histórico. A obra deixou de ser tema de debate para ser algo concreto”.

Ao enveredar na sua prestação de contas pela área do turismo, o prefeito grifou que a Capital “tem batido recorde de ocupação na rede hoteleira”.

Um capítulo especial foi dedicado à iluminação pública. Luciano mencionou que a cidade já conta com 8 mil pontos iluminados em LED, sendo que alguns bairros já estão dispondo de 100% desse tipo de lâmpada (Alto do Mateus é um deles).

Paraíba Online • Luciano Cartaxo: “João Pessoa deixou de ser uma cidade imprensada”

Foto: Ascom

Conforme a sua projeção, até o final de abril próximo 10 novos bairros também estarão totalmente usando LED, e em março a ação será iniciada em mais 30 bairros, o que permite projetar que até o final do ano metade da iluminação pública de JP estará com LED.

“A aprovação por parte da população é imensa”, ilustrou o prefeito.

Luciano disse que o seu governo já aplicou 180 quilômetros de asfalto, em pavimentação ou recapeamento.

Ao falar sobre o setor de creches, o prefeito proclamou que comanda “um governo que tem sensibilidade social”, e que a PMJP na sua gestão saiu de 4 mil para 15 mil vagas nas creches municipais, salto igualmente verificado na rede municipal de ensino, que tem 65 mil alunos matriculados.

O prefeito de JP informou que deixará para o seu sucessor investimentos assegurados da ordem de 100 milhões de dólares (empréstimo junto ao BID), “com licitação feita e dinheiro no cofre”.

“João Pessoa deixou de ser uma cidade imprensada entre Natal e Recife. Hoje tem qualidade de vida. A gente ainda tem muita coisa para fazer”, concluiu Cartaxo.

*com informações da coluna Aparte, assinada pelo jornalista Arimatéa Souza.

Para ler a coluna inteira, acesse aqui:
https://paraibaonline.com.br/aparte/sem-duplicata/

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube