Fechar

logo

Fechar

João responde pedido de CPI e de impeachment: “A quem acusa, cabe provar”

Da Redação. Publicado em 5 de fevereiro de 2020 às 13:31.

Nesta quarta-feira (5) ocorreu a abertura do ano legislativo na Assembleia Legislativa da Paraíba e a sessão foi agitada nos bastidores, tendo em vista que a oposição conseguiu as doze assinaturas necessárias para o pedido de impeachment contra o governador João Azevêdo (Cidadania) e para a abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito, que visa investigar o governo do Estado e as Organizações Sociais, alvos de investigação na Operação Calvário.

Foto: Paraibaonline

Foto: Paraibaonline

O governador João Azevêdo afirmou, durante entrevista coletiva, que está tranquilo e considerou que a Operação Calvário existe e deve cumprir com o seu trabalho.

Azevêdo frisou que seu foco é manter a gestão avançando e fazer com que a Paraíba cresça cada vez mais.

– A Operação Calvário tem o seu trajeto e que aconteça. Eu não tenho preocupação com a Operação Calvário. O Estado é o que mais gerou emprego no Nordeste que qualquer outro estado, é isso que me interessa, é fazer com que essa gestão continue avançando – colocou.

Ao ser questionado sobre o trecho da delação de Livânia Farias onde ela afirma que ele teria pedido e recebido valores de propina que seriam repassados a familiares dele, João declarou que “a quem acusa cabe provar”.

“No dia em que eu for notificado, apresentaremos o que entendemos ser nossa defesa”, frisou

Veja o trecho da entrevista:

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube