Fechar

logo

Fechar

Idealizador do impeachment de João Azevêdo diz que pedido tem “substrato jurídico”

Da Redação. Publicado em 5 de fevereiro de 2020 às 13:45.

Foto: Paraibaonline

Foto: Paraibaonline

Responsável por protocolar o pedido de impeachment do governador João Azevêdo (Cidadania), o deputado estadual Walber Virgolino (Patriota), afirmou que o documento tem viabilidade e argumentos jurídicos que o embasam.

Ele avaliou que, caso a Assembleia não paute o pedido de impeachment, “ficará desmoralizada”.

Segundo Walber, o deputado estadual e presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), Adriano Galdino (PSB), ficou surpreso com o pedido de impeachment.

Ele garantiu que vai conversar com Adriano para esclarecer e explicar os motivos que levaram a oposição a manifestar esse tipo de ação.

Walber apontou que o pedido de impeachment possui argumentos firmes contra o governo de João Azevêdo, como quebra de decoro, afronta à honra da administração pública e inversão hierárquica.

Ele ainda citou que João não contribuiu com a Operação Calvário não fornecendo provas, não exonerando componentes do governo e não abrindo procedimentos para investigar possíveis condutas criminosas por parte de integrantes do Estado.

– Temos argumentos e substrato jurídico para que isso ocorra e vai ocorrer – disse.

Confira o trecho de entrevista concedida pelo deputado nesta quarta-feira (5) na Assembleia:

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube