Fechar

logo

Fechar

Deputada opina que nada que vem do governo Azevêdo é confiável

Da Redação de João Pessoa (Hacéldama Borba). Publicado em 12 de fevereiro de 2020 às 21:07.

Paraíba Online • Deputada opina que nada que vem do governo Azevêdo é confiável

Foto: Paraibaonline

A deputada estadual Camila Toscano (PSDB) afirmou que nada que vier do governo de João Azevêdo (Cidadania) terá mais consenso entre os deputados, depois dos escândalos e denúncias que envolveram a gestão passada e acabaram por atingir o atual governo.

“Acho que diante do que estamos vendo não há nada que não se confie desse governo. É pra se desconfiar mesmo”, disse.

O desabafo da deputada foi por conta da aprovação da matéria do Executivo referente à criação da Fundação PB Saúde durante sessão dessa quarta-feira (12).

A deputada criticou a forma como a matéria foi aprovada e afirmou que durante o recesso parlamentar fez uma análise profunda da proposta da PB Saúde e encontrou diversos fatores que podem prejudicar a Paraíba.

Uma delas é o ingresso das pessoas que vão trabalhar na Fundação que pode ser por concurso público ou por processo seletivo, que foi o que aconteceu no Hospital Metropolitano de Santa Rita.

Segundo Camila Toscano, a Fundação nasce como utilidade pública sem preencher todos os requisitos legais, e existem várias brechas para que o Estado possa fazer e permitir que se faça desvio de dinheiro público, como aconteceu na gestão passada no setor de Saúde.

“O meu pensamento na CCJ foi apresentar nove emendas para melhorar esse projeto, impedindo que a Fundação possa trazer as OS de volta para o nosso Estado, pois há essa permissão, porque o governo pode trazer as subsidiárias. Se faz uma fundação que vai cuidar da Saúde, mas já coloca uma cláusula que pode pedir ajuda, caso não consiga cumprir com o papel, então pra quê fazer essa fundação?”, indagou.

Contudo, as emendas da deputada foram rejeitas pelo o líder do governo, deputado Ricardo Barbosa (PSB), relator da matéria.

“Entre aprovar o projeto da forma como está, dando brechas para que o governo permita que a corrupção se mantenha na nossa saúde, e barrar o projeto, eu votei contra”, explicou.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube