Fechar

logo

Fechar

Sindicato diz que gratuidade é grande problema do transporte público de CG

Da Redação*. Publicado em 30 de janeiro de 2020 às 11:50.

O presidente do Sindicato dos Motoristas dos Transportes Coletivos de Campina Grande, Antonino Macedo, esteve presente na reunião que determinou, ontem, um aumento nas passagens de ônibus da cidade para R$ 3,90.

Ele ressaltou, durante entrevista à Rádio Campina FM, que entende o lado das empresas por requererem uma tarifa mais cara, porém é preciso um reajuste salarial dos motoristas, que também está defasado há muito tempo.

Antonino disse que o principal problema no transporte público de Campina Grande é o grande número de gratuidade.

Foto: Codecom/CG

Foto: Codecom/CG

– Sabemos que a situação das empresas é difícil e há um custo com a gratuidade no transporte público e este é um grande problema. Sabemos que precisa ter o reajuste para que as empresas possam sobreviver, pois caso quebrem é um grande colapso para Campina Grande. Espero também que a gente tenha um aumento, que há muito tempo não temos, e foi prometido que vamos conversar na próxima semana para negociar o salário dos trabalhadores, que está defasado. Resolveram os problemas deles, falta os dos motoristas – disse.

Antonino opinou que é necessário o subsídio do poder público municipal com relação à gratuidade e é necessário que o governo do Estado também faça sua parte, diminuindo o ICMS do óleo diesel, o que garantiria uma queda no preço da tarifa.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube