Fechar

logo

Fechar

Diretora do Hospital de Trauma de Campina Grande faz balanço de 2019

Da Redação*. Publicado em 7 de janeiro de 2020 às 8:47.

A diretora do Hospital de Trauma de Campina Grande, Ingrid Ramalho, fez um balanço do ano de 2019 para o hospital e citou que houve o aumento da demanda e a maior atenção com a capacitação dos profissionais e celeridade do atendimento. Ela destacou que grandes projetos do Ministério da Saúde auxiliaram o Hospital de Trauma na qualidade do atendimento durante o ano de 2019, como o Lean nas Emergências e o Telescope.

De acordo com Ingrid, o Trauma de Campina Grande registrou uma grande quantidade de atendimentos referentes a vítimas de acidentes de moto em 2019. Ela ainda comentou que o número de acidentes reflete a realidade de uso de celular ao volante e de condutores alcoolizados.

Foto: Paraibaonline

Foto: Paraibaonline

Ingrid declarou que a inserção da Central de Regulação de Leitos fortaleceu de forma relevante a rede hospitalar de Campina Grande, onde houve o remanejamento e a redução de atendimentos básicos no Hospital de Trauma da cidade. Ela frisou que “a finalidade do hospital é para urgência e emergência, risco de morte iminente, tiro ou faca e pacientes vítimas de intoxicações diversas”.

– Nós podemos dizer que fechamos 2019 de forma positiva. Demos maior celeridade, maior eficiência aos atendimentos, apesar da alta demanda – considerou, em entrevista à Rádio Caturité FM.

Em relação à virada de 2019 para 2020, Ingrid afirmou que o número de atendimentos no Trauma se assemelha ao período da virada de 2018 para 2019. Para 2020, Ingrid destacou que é esperada a reforma do Hospital de Trauma e a aquisição de equipamentos e materiais que vão melhorar a realidade de diversas alas, entre elas a cirúrgica.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube