Fechar

logo

Fechar

Deputado critica Bolsonaro e diz que presidente não cumpre a palavra

Da Redação. Publicado em 24 de janeiro de 2020 às 17:26.

Paraíba Online • Deputado critica Bolsonaro e diz que presidente não cumpre a palavra

Foto: Paraibaonline

O deputado federal paraibano Julian Lemos (PSL) fez várias declarações polêmicas sobre o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e os filhos dele, Eduardo e Carlos Bolsonaro, durante entrevista para uma emissora de rádio local nesta sexta-feira (24).

Julian afirmou que tem propriedade para posicionar-se a respeito de alguns assuntos, pois, segundo ele, foi peça importante na construção da expectativa de um novo país.

O deputado afirmou não concordar com o posicionamento recente de Jair Bolsonaro em relação ao atual ministro da Justiça e Segurança Pública do Brasil, Sérgio Moro.

O presidente iria esvaziar a pasta administrada por Moro, mas recuou da decisão.

“Deu a palavra a Moro, que ele teria carta branca para conduzir o Ministério da Justiça, tem gravado, e de repente ele começa a interferir em indicações”, reprovou.

Ainda sobre o posicionamento de Jair, Julian disse que esse tipo de acontecimento é “chato” para um homem sério como Moro.

“Bolsonaro, embora seja uma pessoa que nós gostamos, eu gosto dele e faria tudo de novo, às vezes não cumpre a palavra. Eu que o diga, e vários aliados”, alfinetou.

Dando continuidade, o deputado frisou que, para piorar, o presidente convocou uma reunião com os secretários de segurança dos estados sem a presença de Sérgio Moro.

“Isso é o quê? Não é sangrar o cara não? É, meu amigo”, ressaltou.

O político pontuou ainda que ninguém pode questionar a aproximação que tem com o presidente, e, opinando diretamente sobre essa possível “desvalorização” de Sérgio Moro, afirmou que o mesmo aconteceu com ele.

“Ali é o seguinte: brilhou perto da turma, eles não gostam. Eu fui vítima disso”.

O parlamentar destacou que Jair Bolsonaro era a melhor opção nas eleições de 2018, e, através dele, vieram ministros competentes.

No entanto, é inegável que o chefe do Executivo nacional e sua família sejam pessoas de difícil relacionamento.

“Deixe eu dar um exemplo. Hoje, no dia de hoje, quem está dizendo sou eu, Carlos Bolsonaro está intrigado de Flávio [Bolsonaro] há 20 dias. [ele] Estava intrigado do pai. É um cara que briga com ele mesmo. Eu acho que se ele morar sozinho, ele foge de casa”, ponderou.

Por fim, o parlamentar comentou sobre uma discussão recente que teve com Carlos Bolsonaro nas redes sociais e afirmou ter quebrado o decoro sim, mas, que “é de carne e osso”, e, como qualquer pessoa, já explodiu, e nesse caso, ele já estaria de “saco cheio”.

“Carlos Bolsonaro e Eduardo [Bolsonaro] são dois moleques, podem gostar deles como for. Quem está dizendo sou eu e o tempo vai dizer se eu tenho razão. Eu sou homem, eu não aceito isso não”, finalizou.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube