Fechar

logo

Fechar

Aduepb desconfia de reajuste concedido pelo governo aos servidores do Estado

Da Redação*. Publicado em 30 de janeiro de 2020 às 12:58.

A nova presidente da Associação dos Docentes da Universidade Estadual da Paraíba (Aduepb), Mauriene Sousa, disse que o reajuste de 5% dado pelo governo do Estado a todos os servidores da Paraíba não estava sendo esperado, pois a categoria está em negociação com relação às progressões.

Ela ainda disse que em nada vai adiantar este percentual, se houver o aumento da alíquota previdenciária de 11% para 14%, como está prevista na reforma da Previdência estadual.

Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

Foto ilustrativa: Agência Brasil

– Estamos com expectativas de que em breve tenhamos uma boa notícia para os docentes da UEPB. Acho que como todos os servidores do Estado, nós da UEPB ficamos surpresos com esse percentual, pois estávamos há cinco anos sem reajuste. Ao mesmo tempo, estamos atentos, porque, paralelamente a isso, o governo do Estado está tentando implementar uma reforma que aumenta a contribuição previdenciária de 11% para 14%, o que significa uma perda de 3% – disse.

A presidente disse que, através de cálculos feitos pela diretoria, observou-se que, caso seja aprovada a reforma, os servidores ficarão com 1,4% do reajuste.

– A categoria é quem tem que deliberar a respeito da reforma da Previdência. Voltaremos às aulas e certamente teremos uma assembleia para discutir isso. As perdas salariais, segundo os dados do Dieese, ultrapassam 36% – contou.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube