Fechar

logo

Fechar

Em gravação, Ricardo detona família Feliciano e revela temor em entregar cargo

Da Redação. Publicado em 3 de janeiro de 2020 às 15:22.

Foto: Secom/PB

Foto: Secom/PB

Além de estar supostamente envolvido em negociações de propina investigadas no âmbito da Operação Calvário, as gravações feitas por Daniel Gomes da Silva têm mostrado que o empresário também mantinha conversas de natureza política com Ricardo Coutinho.

Em novo trecho de áudio transmitido nesta sexta-feira (3) por uma rádio de João Pessoa, o ex-governador detonou Lígia Feliciano (PDT) e os familiares da então vice-governadora, o esposo Damião Feliciano e um dos filhos do casal.

No áudio, referente ao pleito eleitoral de 2018, Ricardo Coutinho externa a preocupação de sair do governo para Lígia Feliciano assumir. Para ele, havia o perigo de ela dar “um cangapé” na equipe.

– Se tivesse um instrumento que dissesse: ‘óh, tá aqui! não pode mudar nenhum membro do governo’, aí eu topava até dezembro. Saia, topava, e ela viraria governadora – afirmou RC para o empresário.

O problema para Ricardo Coutinho, no entanto, não era nem mesmo a vice-governadora, mas sim o esposo dela, o deputado federal Damião Feliciano (PDT).

O ex-governador concorda com Daniel, que chamou o pedetista de “complicado”.

Quanto ao filho do casal, o áudio não deixa claro a quem o governador se refere, visto que o casal possui três filhos, mas ele chama a pessoa de “porre” e que “o filho, eu nem deixo entrar na sala onde eu estou”.

Um dos filho do casal é o secretário de Turismo do Estado, Gustavo Feliciano e o outro é Renato Feliciano, presidente estadual do PDT da Paraíba. Além deles, há também a administradora Mariana Feliciano.

Ouça na íntegra:

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube