Fechar

logo

Fechar

Xeque-Mate: vereadores são acusados de receber propina para apoiar ex-prefeito

Da Redação. Publicado em 4 de dezembro de 2019 às 22:58.

Foto: Reprodução/TV Cabo Branco

Foto: Reprodução/TV Cabo Branco

Quatro vereadores da cidade de Cabedelo foram alvos de mandados de busca e apreensão, expedidos pela Justiça, dentro da sexta fase da operação Xeque Mate.

Eles são acusados de terem recebido a quantia de R$ 200 mil, para passar a apoiar a gestão do então prefeito do município Leto Viana.

De acordo com as investigações, o dinheiro viria de um esquema de fraudes na coleta de lixo da cidade.

Os acusados teriam assinado cartas renúncia e notas promissórias como forma de garantir o cumprimento do acordo.

Foram alvos os vereadores Benoni Bernardes, Josimar Cabeleireiro, Jonas Pequeno e Janderson Brito. O quatro eram suplentes e haviam assumido após o afastamento de 10 parlamentares nas primeiras fases da operação.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube