Fechar

logo

Fechar

Vereador afirma que vai cobrar aumento de volume do bombeamento da transposição

Da Redação. Publicado em 11 de dezembro de 2019 às 14:46.

Foto: Paraibaonline

Foto: Paraibaonline

O vereador e presidente da Comissão de Recursos Hídricos da Câmara Municipal de Campina Grande, Sargento Neto (PRTB), afirmou que possui muita afinidade com a comissão que preside e se sente grato por possuir um mandato onde pode acompanhar de perto os assuntos relacionados à questão hídrica da cidade e do Estado como um todo.

Ele destacou que faz o acompanhamento da situação hídrica de Campina Grande semanalmente e vai constantemente a Brasília para cobrar atenção por parte do governo federal.

– Na comissão eu tenho uma afinidade muito forte. Tenho fiscalizado e tenho o prazer de estar semanalmente fiscalizando. A missão que me foi dada está sendo cumprida e o melhor é você fazer algo que lhe dá satisfação. Nada me impede de ir até Boqueirão, Camalaú, de fiscalizar – disse, em entrevista à Rádio Panorâmica FM.

Sargento considerou que a população de Campina Grande conseguiu se reeducar no quesito de utilização da água , após o período de racionamento vivenciado.

Ele ainda frisou que as águas da transposição do Rio São Francisco ultrapassaram Poções, mas devem levar um tempo para chegar ao Açude de Boqueirão, tendo em vista o pouco volume devido ao bombeamento.

– Vamos cobrar o aumento do volume de água. Hoje, o Açude de Boqueirão se encontra com pouco mais de 16% de sua capacidade. Precisamos que o rio continue mandando água, para que Campina Grande tenha segurança hídrica – colocou.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube